Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: BH registra queda em todos os indicadores pelo quarto dia seguido

Na tarde desta sexta-feira (29/01), o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), informou o novo padrão da reabertura da capital mineira


29/01/2021 15:11 - atualizado 29/01/2021 18:43

Os três quesitos que são levados em conta para decidir o norte do comércio de BH caíram nos últimos dias(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Os três quesitos que são levados em conta para decidir o norte do comércio de BH caíram nos últimos dias (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Esta é a quinta vez seguida que a Prefeitura de Belo Horizonte registra queda em todos os indicadores do boletim epidemiológico da capital mineira. Os números da COVID-19 na capital foram anunciados nesta sexta-feira (29/01) durante coletiva do prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD) e do comitê de enfrentamento à doença.

O número médio de transmissão por infectado (fator RT) teve a 10ª queda seguida, de 0,95 para 0,93. Já a ocupação dos leitos de UTI caiu de 76,4% para 74,5, enquanto a das enfermarias recuou de 57,2% para 56,8%.

Durante boa parte de janeiro, o indicador que mede o nível de ocupação de leitos de terapia intensiva ficou acima dos 80%, 10 pontos percentuais acima da margem do alerta vermelho, considerado pela Prefeitura de BH.

No entanto, os três quesitos que são levados em conta para decidir o norte do comércio na capital mineira caíram nos últimos dias. Por isso na tarde desta sexta-feira (29/01), o prefeito Kalil informou o novo padrão da reabertura da capital mineira. 

O cenário do comércio em BH a partir de segunda-feira ficará semelhante ao que funcionava antes do fechamento dos estabelecimentos não essenciais, com lojas de rua funcionando entre 9h e 20h, de segunda a sábado. Além disso, as academias poderão funcionar sem horário especificado, mediante agendamento dos clientes. Shoppings também receberam o sinal verde para reabrir.

Entre os setores liberados estão o de bares e restaurantes. “Os bares e restaurantes abrem a partir das 11h até 22h, podendo vender bebida alcoólica até as 15h. De 11h às 15h a venda de bebida alcoólica é permitida. A partir de 15h ela é proibida, mas os restaurantes poderão ficar abertos até 22h”, disse Kalil.




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade