Publicidade

Estado de Minas FORÇA DAS ÁGUAS

Temporal invade casas, causa alagamentos e queda de árvores em Varginha

Chuva forte durou cerca de três horas e gerou mais de 20 ocorrências, que foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros


15/01/2021 11:08 - atualizado 15/01/2021 11:44

Temporal assustou moradores de Varginha(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Temporal assustou moradores de Varginha (foto: Redes Sociais/Reprodução)
Um temporal atingiu Varginha, no Sul de Minas, na noite dessa quinta-feira (14/1). A chuva forte também continuou na madrugada desta sexta-feira (15/1) e deixou estragos pela cidade. O Corpo de Bombeiros atendeu mais de 20 ocorrências pela cidade.

 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, choveu forte por cerca de três horas; a força da água invadiu diversas casas nos bairros Bom Pastor, Corceti, Vila Morais, Parque Imperial e Santa Maria. A enchente deixou prejuízos de camas, guarda-roupas, sofás, roupas e geladeiras.

 

Uma moradora do Bairro Santa Maria registrou imagens de uma avenida tomada pela água, que transbordou do ribeirão Santa Maria. A advogada se mostrou indignada com o descaso da prefeitura com as obras paralisadas há mais de um mês, o que segundo ela, teria piorado o problema. “E aí, quem vai vir pagar o prejuízo que estamos tendo?”, questiona Arianne Lemos.

 

 

Corpo de Bombeiros registrou mais de 20 oorrências em Varginha(foto: Reprodução Internet)
Corpo de Bombeiros registrou mais de 20 oorrências em Varginha (foto: Reprodução Internet)
Na Vila Flamengo, no Bairro Mont Serrat e no Centro houve queda de galhos e árvores sobre fios de alta tensão. Além da queda de um muro no Bairro Mont Serrat. No Bairro Boa Vista, os militares também retiram uma árvore que foi arrancada com a força dos ventos.

 

A Avenida Plínio Salgado, que constantemente tem problemas com a chuva, registrou alagamentos e alguns motoristas ficaram ilhados.

 

Na manhã desta sexta-feira (15/1), os bombeiros registraram desabamentos e desmoronamentos nos bairros Campos Elíseos, Vila Floresta, Vila Flamengo e Vila Registânea. A sede do Sindicato dos Produtores Rurais, no Campos Elíseos, amanheceu destelhada.

 

Apesar dos danos materiais causados pelo temporal, até o momento, o Corpo de Bombeiros não registrou vítimas na cidade. A prefeitura apura os prejuízos das famílias atingidas e ainda não deu detalhes sobre o caso.

 

Outros prejuízos

 

A Copasa informou, por meio de nota, que os bairros abastecidos pela Estação de Tratamento de Água (ETA Tide) em Varginha, tiveram o fornecimento de água emergencialmente interrompido nesta sexta-feira (15/01).

“Devido à falha no sistema elétrico causada pela forte chuva que atingiu a cidade na noite de ontem (14/01), o abastecimento de alguns bairros foi paralisado. Técnicos da Companhia trabalham para solucionar o problema o mais rápido possível. A previsão é que o abastecimento seja retomado, de forma gradativa, no decorrer da tarde de hoje (15/01).

Região afetada: Centro, Barcelona, Bela Vista, Bom Pastor, Campos Elíseos, Jardim Europa, Jardim Zinoca, Jardim Estrela I e II, Jardim Mont Serrat, Jardim Áurea, Jardim Indaiá, Jardim Oriente, Jardim Concetti I, II e II, Parque Boa Vista, Pinheiros, Retiro, São Lucas, Paiva e Silva, São José, Parque Rinaldi, São Joaquim, Vargem, Vila Paiva, Alta Vila Paiva, Reserva Vila Paiva, Paiva e Silva, Vila Mendes, São Geraldo, Santa Alice, Vila Pinto I e II, lista a nota da Copasa.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade