Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

'Igreja tem que pagar o preço da irresponsabilidade dos outros?', diz padre

Vídeo de um padre se opondo às medidas restritivas repercutiu na região de Guaxupé; no fim de semana, o prefeito fez uma live com o padre, que decidiu colaborar


11/01/2021 12:11 - atualizado 11/01/2021 12:55

Padre se opõe as medidas e restritivas e volta atrás da decisão(foto: Reprodução Internet)
Padre se opõe as medidas e restritivas e volta atrás da decisão (foto: Reprodução Internet)
O vídeo de um padre de Guaxupé, cidade do Sul de Minas, se opondo às medidas restritivas de fechar o comércio não essencial, repercutiu na região. Depois do fato, o prefeito da cidade, Heber Hamilton (PSDB), fez uma live com o padre, que decidiu colaborar.


Na imagem, o padre Reginaldo aparece, durante uma missa, dando o recado à população de que a igreja não iria parar diante a situação. “A igreja segue prontamente todos os protocolos, desde o primeiro instante. Por que, agora, a igreja tem que pagar o preço da irresponsabilidade dos outros?”, questionou o padre no vídeo.


O sacerdote ainda fez questão de divulgar os horários da missa ao longo da semana. “A igreja ficará aberta. Vai ter missa às 7h da manhã, segunda, quarta, quinta e sexta. E teremos missa todos os dias às 19h. Quem quiser vir participar, venha! E já sabe dos protocolos que têm que ter, desde março, seguindo os mesmos protocolos. Foi esse bando de gente para praia e para as avenidas superlotadas e sem máscaras. Aí temos as UTIs lotadas e usam desse método”, ressaltou o padre.

 

Padre aparece em live com o prefeito para esclarecer o caso(foto: Reprodução Internet)
Padre aparece em live com o prefeito para esclarecer o caso (foto: Reprodução Internet)
A imagem repercutiu, e no fim de semana, o padre Reginaldo apareceu em uma live, ao lado do prefeito Heber Hamilton, e decidiu colaborar com as medidas de combate à COVID-19 impostas pela prefeitura.

“Sei que algumas posições que a gente toma, acabam causando transtorno na sociedade. Uns interpretam de um jeito e outros de outro. E acaba gerando uma certa divisão. E agora, o momento não é de divisão. O momento é de união. Temos um inimigo comum. Agora, independente de divergências, temos que superar tudo isso e dar as mãos. Claro que a igreja sempre foi e sempre será grande colaboradora da situação”, disse padre na live.

 

Guaxupé segue com 1.638 casos positivos do novo coronavírus, sendo 22 mortes confirmadas pela doença. O prefeito fez questão de alertar a população sobre a situação da cidade. “O tão temido dia, quando não teríamos mais leitos de UTI, infelizmente chegou. Hoje, a Santa Casa de Guaxupé está com todos os leitos preenchidos e não há mais vaga. Isso significa que se alguém precisar de vaga, vai ter que ser transferido para outra cidade. Também estamos batendo recorde de atendimentos nas unidades de saúde”, informou o prefeito.

 

Decreto divide opinião

 

Para combater o avanço da doença, a prefeitura decidiu decretar lockdown por 10 dias. Nesse período, somente serviços essenciais podem funcionar. Um grupo de empresários contrários a medida publicou uma nota nas redes sociais.

 

“Todos os comerciantes e prestadores de serviços de Guaxupé, valorizam a vida, apoiam e apoiarão todas atitudes que forem necessárias para defender a saúde da população. Porém para apoiarmos, as atitudes devem ser baseadas em estudos científicos, ou seja, jamais apoiaremos decisões da prefeitura que tenham por intenção apenas enganar a população, como se diz popularmente 'Fazer uma média', fingir que tal atitude resolve”, trecho da nota.

 

Durante a live, o prefeito também esclareceu essa situação. “Sei que o decreto não está agradando a todos e os comerciantes têm todo o direito de se manifestar e buscar seus interesses. Mas nesse momento, é necessário que a prefeitura trabalhe de forma ativa para conter a disseminação do vírus e desafogar a UTI da Santa Casa. Sei que a população está dividida entre os favoráveis e não favoráveis ao decreto. Não estamos aqui para achar culpados e nem apontar dedos e sim resolver a situação”, diz prefeito.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade