Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA

PM prende travesti suspeita de matar cliente 'caloteiro' a pauladas em BH

Segundo os militares, homem foi morto no Bairro Santa Efigênia, Região Leste de BH, após dizer que não tinha dinheiro para pagar por programa


07/01/2021 10:45 - atualizado 22/02/2021 13:52

Travesti teria matado cliente por não ter recebido pelo programa. Crime ocorreu na Avenida Mem de Sá, altura do número 70.(foto: Google Maps)
Travesti teria matado cliente por não ter recebido pelo programa. Crime ocorreu na Avenida Mem de Sá, altura do número 70. (foto: Google Maps)
Uma travesti foi presa na madrugada desta quinta-feira (7/12) suspeita de matar um homem na Avenida Mem de Sá, Bairro Santa Efigênia, Região Leste de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), ela é profissional do sexo e, na ocasião, atendia a vítima em um programa. O crime teria sido motivado pelo fato de o cliente ter se recusado a pagar pelo atendimento. 
 

Conforme o boletim de ocorrência, o homem identificado como R.P.S foi assassinado a pauladas e garrafadas. A suspeita relatou aos militares que começou a agredi-lo após o programa, diante da alegação dele de que não tinha dinheiro para acertar o valor combinado. R.P.S teria tentado fugir e pediu socorro, mas acabou morrendo. 

Os policiais afirmam ter encontrado o corpo do cliente estirado em plena avenida. A travesti dormia em uma marquise próxima ao cadáver e portava a carteira da vítima.

Antes de ser encaminhada à delegacia, a profissional foi atendida na UPA Santa Efigênia, pois também estava ferida. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade