Publicidade

Estado de Minas PONTE TORTA

'Ele está abalado', diz advogada sobre motorista do acidente na BR-381

Segundo a advogada, Luiz Viana de Lima chorou durante a simulação do acidente


09/12/2020 13:14 - atualizado 09/12/2020 15:16

Caroline Tessarolo Zerbini, advogada do motorista(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Caroline Tessarolo Zerbini, advogada do motorista (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
O motorista Luiz Viana de Lima, do ônibus que caiu da “Ponte Torta” na BR-381, em João Monlevade, Região Central de Minas Gerais, está muito abalado com o acidente, conforme a advogada Carolina Tessarolo Zerbini. O acidente aconteceu na última sexta-feira (4/12) quando 19 pessoas morreram e 45 ficaram feridas.


Durante a reconstituição do acidente no viaduto da BR-381, em João Monlevade, na manhã desta quarta-feira (9/12), a advogada do motorista contou, em coletiva à imprensa, que Luiz chorou e ficou muito abalado. Além disso, ela afirmou que ele teria fugido do local do acidente por medo das ameaças que estava recebendo. 

Carolina completou que Luiz estava com os documentos em dia e já tinha mais de 20 anos de experiência como motorista na JS Turismo e em outras empresas do setor. 

O motorista não quis falar com a imprensa.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade