Publicidade

Estado de Minas CRIME

Taxista que estava desaparecido é encontrado morto em estrada do Alto Paranaíba de MG

Maurício Lopes Mariano, de 26 anos, estava com as mãos amarradas em uma árvore e apresentava cortes pelo corpo. Dois adolescentes e dois rapazes são suspeitos de cometer o crime


25/11/2020 19:24

Maurício Lopes Mariano tinha 26 anos e trabalhava como taxista em São Gotardo(foto: Reprodução/Facebook)
Maurício Lopes Mariano tinha 26 anos e trabalhava como taxista em São Gotardo (foto: Reprodução/Facebook)
Um taxista de 26 anos, de São Gotardo, no Alto Paranaíba, que estava desaparecido, foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (25). O profissional estava a 1 km da MG-230, na zona rural de Serra do Salitre, na mesma região. As mãos do motorista estavam amarradas em uma árvore. O motorista também apresentava vários cortes pelo corpo. Quatro suspeitos são suspeitos de cometer o crime.

Maurício Lopes Mariano estava desaparecido desde a tarde de segunda (23). A mãe do taxista informou à Polícia Militar (PM) que o filho havia recebido um chamado para levar quatro pessoas de São Gotardo até Ibiá. O profissional, no entanto, não retornou para casa e nem para o ponto de táxi, além de não atender o telefone. Com isso, os militares foram acionados.

Em consulta às câmeras do "Olho Vivo", militares conseguiram visualizar o veículo do taxista circulando por Patrocínio. Era um homem de 18 anos que estava na direção. Com o rapaz, além do carro, também foi encontrado o aparelho celular do motorista. Posteriormente, a polícia chegou até um jovem de 20 anos e em dois adolescentes, de 16 e 17 anos. 

Todos confessaram ter participado da morte de Maurício e afirmaram que o objetivo era roubar o carro para trocá-lo em drogas e dinheiro. Eles também apontaram o local onde o corpo do taxista estava. Com o rapaz de 20 anos, a polícia encontrou 20 pedras de crack, sendo uma grande e 19 pequenas, além de sete buchas de maconha e um tablete, além de R$ 26. 

Os maiores foram detidos e os adolescentes foram apreendidos, levados para a delegacia de plantão.

O corpo de Maurício Lopes Mariano foi velado em São Gotardo nesta quinta e sepultado no fim da tarde.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade