Publicidade

Estado de Minas VENDAVAL

Moradores do Sul de Minas registram princípio de tornado na região

Fenômeno conhecido como 'nuvem funil' ocorreu em Santa Rita de Caldas


17/11/2020 17:42 - atualizado 17/11/2020 18:00

Fenômeno conhecido como 'nuvem funil' foi registrado no sul de Minas(foto: Adriano Parabólica/Jornal Capela)
Fenômeno conhecido como 'nuvem funil' foi registrado no sul de Minas (foto: Adriano Parabólica/Jornal Capela)
Moradores de Santa Rita de Caldas, no Sul de Minas, foram surpreendidos nesta terça-feira (17) por uma ventania que causou estragos no município. Imagens de um fenômeno conhecido como ‘nuvem funil’ foram compartilhadas nas redes sociais e chamaram a atenção.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a ‘nuvem funil’ é o estágio inicial da formação de um tornado. “Dentro da nuvem acontece um movimento rotacional muito intenso e ele se prolonga para a superfície, por isso acontece o fenômeno”, disse a meteorologista Anete Fernandes.

 

 

 

Ventania causou estragos na zona rural e assustou moradores(foto: Adriano Parabólica/Jornal Capela)
Ventania causou estragos na zona rural e assustou moradores (foto: Adriano Parabólica/Jornal Capela)
A suposta passagem de um tornado na cidade de 10 mil habitantes, a 55 quilômetros de Poços de Caldas, deixou a população em alerta. O vento destelhou um sítio na zona rural. De acordo com moradores da região, o vendaval também derrubou parte do curral e algumas árvores. A dona da propriedade estava no local, mas não ficou ferida.

A Polícia Militar informou que não houve outros registros de danos na cidade.

Ainda de acordo com o Inmet, não é possível afirmar se houve a formação de um tornado. “Para que esse fenômeno aconteça é preciso que a ‘nuvem funil’ toque o chão, por isso há uma possibilidade de que no caso de Santa Rita de Caldas tenha sido um tornado, mas só seria possível afirmar com uma análise técnica”, afirmou Anete.

Esse tipo de fenômeno é comum no Brasil, mas não em Minas Gerais. “Normalmente, essas nuvens, tornados são vistos a partir de São Paulo em direção ao sul do país, por isso a imagem chamou tanto a atenção”, concluiu a meteorologista do Inmet.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade