Publicidade

Estado de Minas MINAS CONSCIENTE

Triângulo Sul vai avançar para onda verde no próximo sábado (10)

Será permitido o retorno de feiras e parques, por exemplo, desde que seguindo os protocolos sanitários estabelecidos pela Secretaria de Estado de Saúde


07/10/2020 19:24 - atualizado 07/10/2020 20:02

A onda verde é o estágio mais avançado do Minas Consciente(foto: Agência Minas)
A onda verde é o estágio mais avançado do Minas Consciente (foto: Agência Minas)
O Comitê Extraordinário COVID-19 do Governo de Minas Gerais autorizou nesta quarta-feira (7) a macrorregião Triângulo do Sul a avançar para onda verde do Minas Consciente (programa estadual que estabelece diretrizes para flexibilização em meio à pandemia do novo coronavírus). Segundo informações da Agência Minas, a mudança foi definida após a região se manter por 28 dias na onda amarela, com estabilidade de bons índices epidemiológicos.
 
Além da macrorregião Triângulo Sul, outras três macros do estado vão passar para onda verde no próximo sábado (10), ou seja, a Norte, Jequitinhonha e Centro-Sul.

O chefe de gabinete da SES-MG, João Pinho, destacou que, mesmo assim, é preciso que a população dessas regiões não relaxe com as medidas de segurança, incluindo o uso constante de álcool em gel e máscaras de proteção. “Reforçamos a necessidade de manter todas as medidas de distanciamento e proteção para que a gente consiga caminhar com segurança”.

A onda verde é o estágio mais avançado do Minas Consciente, sendo permitido o retorno, por exemplo, feiras e parques, desde que seguindo os protocolos sanitários estabelecidos pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).
 
A partir deste sábado (10), a limitação de concentração de pessoas será feita por metragem, e não mais pela regra que restringe reuniões de até 30 pessoas por evento ou atividade. “Agora, para eventos abertos, a regra será manter o distanciamento de 4 metros quadrados por pessoa. Em locais fechados, a distância obrigatória por pessoa será ainda maior, de 10 metros quadrados”.

As alterações, entretanto, não valem para eventos vinculados necessariamente às autorizações municipais, como shows e jogos de futebol. “Isso significa que todo evento ou acontecimento que gera aglomeração de mais de 30 pessoas e precisa de alvará municipal -como jogo de futebol, show e boate - continua limitado a 30 pessoas”, informou o chefe de gabinete da SES-MG, João Pinho
 

Uberaba fora da mudança

 
Também situada na macrorregião do Triângulo Sul, a cidade de Uberaba saiu do Minas Consciente, segundo decreto 5.863/2020, revogando a adesão ao plano, que foi publicado no Porta Voz do Município da última sexta-feira (2). 
 
A medida foi tomada porque, no dia 22 de setembro, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, cassou a decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que obrigava a adesão dos municípios mineiros ao plano estadual. 
 
O ministro considerou a medida inconstitucional. A decisão do STF atendeu a pedido da Prefeitura de Coronel Fabriciano, na Região Leste de Minas Gerais. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade