Publicidade

Estado de Minas JOÃO MONLEVADE

Homem é preso por furtar TV de hotel em que estava hospedado com a família em Guarapari

Suspeito havia pernoitado em hotel anexo a um posto de combustível na cidade capixaba e foi encontrado em João Monlevade


14/09/2020 15:10 - atualizado 14/09/2020 15:45

Homem, que se hospedou com a mulher e as três filhas no hotel, foi preso pela Polícia Rodoviária em João Monlevade(foto: Divulgação/ Polícia Rodoviária Federal )
Homem, que se hospedou com a mulher e as três filhas no hotel, foi preso pela Polícia Rodoviária em João Monlevade (foto: Divulgação/ Polícia Rodoviária Federal )
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, nesse final de semana, em João Monlevade, na Região Central de Minas Gerais, um homem que havia furtado uma televisão do quarto de um hotel em Guarapari, no Espírito Santo. Quando cometeu o ato criminoso, o suspeito estava acompanhado pela mulher e as três filhas, de 15 anos, 10 e cinco, respectivamente. 

Segundo a polícia, a família havia pernoitado, na quinta-feira (10), em um hotel anexo a um posto de combustível, localizado no km 346 da BR-101, em Guarapari. Após a saída da família do quarto os funcionários do estabelecimento perceberam que a TV havia sido roubada. 

Os responsáveis pelo hotel checaram as gravações das câmeras de monitoramento do posto de combustível e, assim, foi possível identificar o veículo em que o homem estava.

As câmeras também flagraram o momento em que o suspeito coloca no porta-malas do carro um objeto de maior volume. 

Após a consulta às gravações, os funcionários do hotel repassaram as características do veículo para demais unidades da PRF no Espírito Santo e em estados vizinhos. 


Prisão


Na manhã de sábado (12), agentes da PRF faziam uma fiscalização no km 344 da BR-381, em João Monlevade, quando abordaram o veículo Fiat Prêmio com cinco ocupantes – motorista, mulher e três filhas. Ao darem início à vistoria no carro localizaram, no porta-malas, uma televisão envolta por um colchão e um cobertor. 

Ao ser questionado sobre a procedência do aparelho, o motorista afirmou que a TV pertencia a um familiar. A versão contada por ele não se sustentou após a apresentação das imagens do circuito de vigilância do posto de combustível. E o homem foi preso pelos policiais. 

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade. 
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Kelen Cristina


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade