Publicidade

Estado de Minas

Reabertura de lojas, aos sábados, nos grandes centros de compras de BH, anima vendedores e estimula consumo

Movimentação nos corredores ainda não é suficiente para avaliar sucesso de vendas no primeiro sábado de retorno


12/09/2020 17:44 - atualizado 12/09/2020 18:05

O comércio instalado em shoppings está autorizado a funcionar de segunda a sábado entre 12h e 20h(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A press)
O comércio instalado em shoppings está autorizado a funcionar de segunda a sábado entre 12h e 20h (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A press)
A reabertura do comércio aos sábados em Belo Horizonte, após quase seis meses de portas fechadas devido ao novo coronavírus, pode dar fôlego financeiro aos lojistas. E reacende as esperanças de bons negócios nas ruas e nos shoppings. No Boulevard Shopping, no Bairro Santa Efigênia, na Região Centro-Sul, a esmagadora maioria das lojas funcionou neste sábado (12). O Estado de Minas esteve no local para conferir a movimentação dos clientes.
 
Ver galeria . 8 Fotos O comércio instalado em shoppings está autorizado a funcionar de segunda a sábado entre 12h e 20h Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
O comércio instalado em shoppings está autorizado a funcionar de segunda a sábado entre 12h e 20h (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press )
 

Após anúncio oficial da Prefeitura de Belo Horizonte na sexta-feira (11), o comércio instalado em shoppings está autorizado a funcionar de segunda a sábado entre 12h e 20h. Já as lojas de rua podem abrir as portas das 9h às 17h, enquanto nos dias úteis das 11h às 19h.

Para o superintendente do Boulevard Shopping, Maurício Malta, a expectativa quanto à reabertura é muito positiva, principalmente porque o sábado é o dia mais importante de fluxo e vendas para os lojistas. Satisfeito pelo movimento, Malta explicou que, se o retorno agrada ao comerciante, é bom também para os consumidores, "pois muitos têm apenas este dia disponível para fazer suas compras". E destacou que falta agora só a liberação de horário completo para as praças de alimentação e os restaurantes.

Os gerentes de lojas se mostram animados com o retorno aos sábados, mas dizem que o movimento de ontem ainda não foi suficiente para fazer uma avaliação. Nelcilene da Silva Pereira, da loja Imaginarium, alimenta boas expectativas, embora acreditando que as pessoas têm muitas dúvidas quanto aos horários. Nelcilene acrescentou que, mesmo com anúncio oficial de reabertura na sexta-feira (11), a loja estava preparada para receber os clientes. Para Michael Pimenta, houve perdas durante o fechamento das lojas, porém os comerciantes souberam se reinventar, principalmente com as vendas online.

Para os clientes, a exemplo de Richard Amorim, de 32 anos, a reabertura foi um alívio. "Só tenho sábado para fazer compras, e, na semana passada, tive que esperar vários dias pois não tinha tempo. Então estou achando muito bom esse retorno."


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade