Publicidade

Estado de Minas Violência

Homem é morto a pedradas e pauladas em Brumadinho

Crime ocorreu durante a madrugada e PM encontrou drogas na casa da vítima. Um suspeito foi identificado pela manhã e havia a expectativa de que ele se apresentasse, segundo o boletim de ocorrência


11/09/2020 13:12 - atualizado 11/09/2020 13:32

Polícia Militar em Brumadinho(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Polícia Militar em Brumadinho (foto: Reprodução da internet/Google Maps)


Um homem de 46 anos foi assassinado na madrugada desta sexta-feira (11) na frente de casa em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Dentro da casa dele, foram apreendidas drogas e outros materiais. Um suspeito do crime foi identificado pela manhã, de acordo com a Polícia Militar (PM). 

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima estava parada na frente de casa, no Bairro Coronel Eurico, quando um carro com quatro pessoas se aproximou e os ocupantes começaram a questioná-lo sobre uma dívida. Ao perceber que estava em risco, ele foi para dentro de casa, mas os homens o seguiram e trouxeram novamente para fora. Já na rua, ele foi espancado até a morte com golpes de pedaços de madeira, cabos de enxada e pedras. Os criminosos fugiram. 

Quando a polícia chegou ao local, o homem já estava morto. O local foi isolado para os trabalhos da perícia da Polícia Civil e o corpo foi levado para uma unidade do Instituto Médico Legal (IML). 

Dentro da cada da vítima, os policiais apreenderam 26 porções de cocaína, três de maconha, uma máquina de cartões, celular, R$ 193 em dinheiro e materiais que costumam ser usados para embalar drogas. Ainda segundo a polícia, informações colhidas no local davam conta de que o crime poderia ser relacionado com o tráfico de drogas ou uma acusação de estupro contra uma enteada. 

Por volta das 9h, a PM recebeu informações anônimas sobre um dos possíveis autores do crime e a localidade onde ele mora. O nome dele não foi divulgado pela corporação, em função da lei de abuso de autoridade. Chegando ao endereço, eles foram informados por vizinhos de que ele não estaria lá naquele horário porque trabalha como motorista na prefeitura do município. 

Os policiais começaram um rastreamento na região e reconheceram o suspeito em um carro onde estava com duas passageiras. Eles deram o sinal de parada, mas o motorista não obedeceu e fugiu. As mulheres foram localizadas na beira da estrada e, conforme a PM, disseram que prestam serviço à prefeitura na área da saúde e que, ao ver a polícia, o motorista as desembarcou do carro e saiu. 

Ainda de acordo com a PM, o comando da companhia da Polícia Militar local fez contato telefônico com o suspeito, que não disse onde estava, mas informou que se apresentaria ainda hoje acompanhado de um advogado. 

O Estado de Minas entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura de Brumadinho por volta das 12h30, e a informação era de que o Executivo municipal não tinha conhecimento do caso até aquele momento. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade