Publicidade

Estado de Minas CHAMAS ALTAS

Ônibus é incendiado em Betim e carta reclamando de presídio é encontrada

Horas depois do combate ao incêndio, um morador da região viu uma carta afixada em uma parede perto do ônibus. O autor reclama do sistema prisional do estado


31/08/2020 12:01 - atualizado 31/08/2020 17:53

(foto: Reprodução da internet/WhatsApp)
(foto: Reprodução da internet/WhatsApp)


Um ônibus foi incendiado na madrugada desta segunda-feira no centro de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Uma carta encontrada perto do local tem reclamações contra o sistema prisional de Minas Gerais. 

O veículo era particular e estava estacionado na Avenida Edméia Matos Lazzarotti. De acordo com a Polícia Militar (PM), uma equipe foi ao local e encontrou o ônibus com as chamas altas. O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater o incêndio. As chamas foram controladas com o uso de aproximadamente 3 mil litros de água, aproximadamente. Não foi constatado dano a rede elétrica. 

O dono do veículo contou aos militares que o ônibus não pegaria fogo sem intervenção externa, devido ao veículo estar sem bateria. Por volta das 6h, a PM recebeu uma denúncia de um morador que encontrou uma carta afixada na parede próximo ao local onde estava o ônibus. 

(foto: Reprodução da internet/WhatsApp)
(foto: Reprodução da internet/WhatsApp)


O autor da carta afirma que o incêndio foi em “resposta em cima da covardia do sistema carcerário” e reclama da diretoria da Penitenciária Nelson Hungria, que fica em Contagem, também na região metropolitana da capital. 

O Estado de Minas entrou em contato com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) que informou que 'toda e qualquer denúncia relacionada ao sistema prisional é apurada'.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade