Publicidade

Estado de Minas QUADRILHA

Polícia desarticula quadrilha de traficantes que agia em Juiz de Fora

Foram presos nove suspeitos de integrar o bando; total da droga ainda será pesado


23/07/2020 16:53 - atualizado 23/07/2020 17:40

Drogas, celulares, notas promissórias, R$ 3.148 em dinheiro e câmeras de vigilância foram apreendidos pelos policiais(foto: PCMG/Divulgação)
Drogas, celulares, notas promissórias, R$ 3.148 em dinheiro e câmeras de vigilância foram apreendidos pelos policiais (foto: PCMG/Divulgação)
Com a prisão de nove suspeitos, a Polícia Civil de Minas Gerais acredita ter desarticulado uma quadrilha de traficantes de drogas que dominava os bairros de Lourdes e Tigueira, em Juiz de Fora. Foram apreendidas drogas, aparelhos telefônicos, notas promissórias, a quantia de R$ 3.148,00, cadernos de anotações que seriam relacionadas ao tráfico e câmeras de vigilância. O total da droga (maconha e cocaína) ainda será pesado.

As investigações, a cargo da Delegacia Especializada Antidrogas, tiveram início há seis meses, sob o comando do delegado Rafael Gomes. A primeira prisão foi a de um homem, de 27 anos, suspeito de ser o chefe da organização.

“Ele não estava com as drogas em sua residência, no entanto, foi apurado que atuaria comandando o esquema criminoso. Ao ser abordado, estava com um celular, que tentou quebrar no momento em que os policiais chegaram com o objetivo de encobrir indícios da prática criminosa. Além disso, também foi encontrada grande quantia em dinheiro em notas diversas com o suspeito, característica do tráfico de drogas, bem como apreendidos quatro aparelhos telefônicos, notas promissórias e recibo de veículo.”

A partir dessa prisão, os policiais conseguiram identificar outros membros da quadrilha, todos entre 18 e 32 anos, que foram presos a partir de mandados de busca e apreensão.

O segundo a ser preso foi um homem, de 30, que tinha em seu poder dinheiro e drogas.

'Boca de fumo'


Na casa de outro investigado, de 32, foi apreendido um caderno com anotações da movimentação de drogas. Ele seria responsável por abastecer uma “boca de fumo” que seria operada por um amigo da mesma idade – que também está preso.

Com cinco vendedores da droga na “boca de fumo”, todos entre 18 e 24 anos, foram encontradas drogas como crack, maconha e cocaína; dinheiro, câmeras de vigilância e celulares.

Os presos foram encaminhados ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça. A Delegacia Especializada Antidrogas contou com o apoio operacional da 1ª Delegacia Regional de Juiz de Fora e do 4º Departamento nessa operação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade