Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: ocupação de leitos de UTI em BH cai, mas continua na zona vermelha

Segundo a prefeitura, 74% das vagas desse tipo estavam preenchidas na quarta-feira (17)


postado em 18/06/2020 18:01 / atualizado em 18/06/2020 18:16

UTI COVID-19 continua na zona vermelha em BH: 74% dos leitos estão ocupados(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press - 09/03/2020)
UTI COVID-19 continua na zona vermelha em BH: 74% dos leitos estão ocupados (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press - 09/03/2020)
 

 

Um respiro em meio à pandemia, mas com o sinal de alerta ainda ligado: a taxa de ocupação dos leitos de UTI voltados à COVID-19 caiu oito pontos percentuais em Belo Horizonte. Dos 82% registrados na segunda e na terça-feira (15 e 16) para os 74% computados na quarta (17).
 

Os dados são do boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura nesta quinta-feira (18). Conforme o documento, a capital tem 280 leitos de terapia intensiva, sendo 207 deles ocupados na quarta.
 
Apesar da melhora, o quadro ainda é classificado na zona vermelha, a de maior risco de colapso do sistema de saúde. Essa classificação é dada quando o indicador ultrapassa a marca dos 70%.
 
No quadro geral, somando também as vagas de UTI para outras doenças, a taxa de ocupação em Belo Horizonte é de 85%. Dos 690 leitos, 587 estavam em uso na quarta. Restavam apenas 103.
 

 

Enfermaria

 
Outro parâmetro importante para acompanhamento das autoridades de saúde durante a pandemia do novo coronavírus é a ocupação dos leitos de enfermaria. Esses são destinados a pessoas diagnosticadas com a virose, mas que enfrentam quadros clínicos menos graves, a síndrome gripal.
 
Segundo o levantamento da Saúde municipal, 62% dos leitos clínicos de BH estavam ocupados na quarta. São 726 para COVID-19 no total, ou seja, 450 estavam ocupados na quarta. Sobravam 276.
 
Tal indicador coloca a cidade na zona amarela, destinada a ocupações entre 51% e 70%.
 
Considerando todos os 4.491 leitos de enfermaria da rede SUS em Belo Horizonte, a taxa de ocupação era de 71%.

 

Novos leitos

 

Ainda nesta quinta-feira, a prefeitura anunciou que foram abertos mais 34 leitos de UTI Covid, passando de 246 para 280. 

 

Além disso, mais 38 leitos de enfermaria COVID foram instalados na saúde pública da capital. O número ampliou de 688 para 726.

 

No total, foram abertos 72 novos leitos para pacientes infectados pelo novo coronavírus na rede SUS de Belo Horizonte.

Barreiras

 
Nesta quinta-feira, BH completa um mês desde a instalação das barreiras sanitárias. Até quarta (17), véspera da data simbólica de um mês, os agentes de saúde e de trânsito haviam encaminhado 1.335 pessoas aos serviços de saúde.
 
Neste período, 484.881 pessoas foram avaliadas e 244.477 veículos abordados.
 
Nas barreiras, as equipes da prefeitura identificam casos suspeitos de COVID-19 por meio da medição da temperatura corporal e da aplicação de um questionário.
 
São 18 barreiras por toda a cidade. Elas funcionam de segunda a sexta-feira, exceto feriados. Todos os veículos podem ser parados, menos ambulâncias e os oficiais.
 
Nem todas as barreiras, porém, funcionam todos os dias de operação. Segue, abaixo, a lista das que vão fiscalizar veículos nesta sexta-feira (19):

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  1. Avenida Amazonas, próximo ao viaduto do Anel Rodoviário;
  2. Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, próximo à Rua Conde Pereira Carneiro;
  3. Avenida Professor Clóvis Salgado, próximo à Avenida Serrana;
  4. Avenida Abílio Machado, próximo à Avenida Heráclito Mourão de Miranda;
  5. Avenida Antônio Francisco Lisboa, próximo à Rua Expedicionário Paulo de Souza;
  6. Rua Júlio Mesquita, próximo à Rua Taboão da Serra;
  7. Avenida Dom Pedro I, próximo à Rua Bernardo Ferreira da Cruz;
  8. Avenida Cristiano Machado, próximo à Rua das Guabirobas;
  9. Avenida José Cândido da Silveira, no trecho entre a MG-05 e Rua José Moreira Barbosa;
  10. Avenida dos Andradas, no trecho entre a Rua Itaguá e Rua Marzagânia;
  11. Avenida Raja Gabaglia, próximo à Rua Parentis;
  12. Avenida Nossa Senhora do Carmo, no trecho do Belvedere;


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade