Publicidade

Estado de Minas

Operação da Polícia Civil investiga morte de mais de 50 cães em abrigo da Região Metropolitana

Animais estavam sendo transportados de abrigo em Ribeirão das Neves para Contagem, também na Região Metropolitana de BH


postado em 27/05/2020 10:58 / atualizado em 27/05/2020 11:25

Um dos cães que morreu no abrigo(foto: Reprodução/Facebook)
Um dos cães que morreu no abrigo (foto: Reprodução/Facebook)
A Polícia Civil de Minas Gerais realizou nesta quarta-feira (27), uma operação no Bairro Industrial, em Contagem, Região Metropolitna de BH, com o objetivo de colher informações que possam esclarecer os fatos que resultaram na morte de mais de 50 cães em um abrigo da Região Metropolitana.

O caso ocorreu em 14 de março deste ano. Os animais estavam sendo transportados de um abrigo em Ribeirão das Neves para o Lar Temporário Entre Latidos e Miados, localizado em Contagem, também na Grande BH.

A Polícia Civil ainda não confirma, mas uma das teorias sob investigação seria a de que parte dos animais morreu em função da negligência durante o transporte. Inicialmente, a proprietária do abrigo havia alegado que os animais teriam sido envenenados.

Dos 59 cães, 11 eram do deputado estadual Osvaldo Lopes (PSD). Segundo a Corrente do Bem pelos Animais, entidade criada pelo político, sete deles chegaram a ser socorridos, mas morreram horas depois. 
 
* Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade