Publicidade

Estado de Minas

Coronavírus já matou 6 em Minas; número de infectados sobe para 397

Uberlândia registrou dois óbitos nessa quinta (2); casos suspeitos somam 41.339


postado em 03/04/2020 12:39 / atualizado em 03/04/2020 17:18

(foto: Josué Damacena (IOC/Fiocruz))
(foto: Josué Damacena (IOC/Fiocruz))
novo coronavírus matou 6 pessoas em Minas Gerais e infectou outras 397. Sessenta e quatro óbitos estão sob investigação do estado. O número de casos suspeitos subiu para 41.339, alta de 2.255 em 24 horas. Os dados são do Informe Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, divulgados nesta sexta-feira (3). 

O balanço confirma as duas mortes divulgadas na noite dessa quinta (2) pelo município de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Uma das vítimas é uma mulher de 61 anos, que morreu ontem depois de passar pela UTI do Hospital Municipal. Consta no relatório da SES que ela sofria de doença renal crônica. 



A outra é um homem de 80 anos, morto em 30 de março, com histórico de doença pulmonar crônica e problemas cardiovasculares. O diagnóstico positivo para COVID-19 dos dois idosos foi confirmado por laboratórios privados e pela Fundação Ezequiel Dias (Funed). 

Mais três óbitos foram registrados na capital mineira, em Nova Lima, na Região Metropolitana, e Mariana, na Região Central. O paciente da cidade histórica tinha 44 anos e não tinha enfermimdades crônicas. As outras duas vítimas pertenciam ao grupo de risco - uma mulher de 82 anos e um homem de 66.
 
O boletim não inclui a morte de uma idosa de 75 anos de Minas Gerais, informada também na quinta (2) pelo Ministério da Saúde. Ela morreu em 23 de janeiro. O fato, em tese, inaugura não só a primeira morte, como também primeiro caso de coronavírus registrado no país. 

Questionada pelo Estado de Minas, a SES esclareceu que aguarda o envio de mais informações sobre o caso pelo Ministério da Saúde, que a ajudem na correta identificação da causa do óbito. Na Avaliação da SES, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), condição que vitimou a paciente, pode ter sido causada por outras enfermidades.

"Segundo dados disponíveis no Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (SIVEP-Gripe), no mês de janeiro de 2020, houve 71 notificações de SRAG em pacientes com mais de 70 anos de idade, que podem ter sido provocadas por diversas doenças respiratórias. Diante disso, o COES Minas COVID-19 aguarda o envio das informações oficiais pelo Ministério da Saúde para que possa fazer a identificação do caso e adotar as medidas pertinentes. Tão logo essas informações sejam repassadas, atualizaremos a situação.", disse o órgão por meio de nota. 

Mapa da contaminação

Belo Horizonte segue na liderança do ranking infecções pelo novo coronavírus em Minas, com 222 casos confirmados. Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, e Nova Lima, na Região Metropolitana, ocupam a segunda posição da lista, com 30 casos. A doença já se espalhou por 41 municípios mineiros. Confira:

  • Alfenas
  • Araguari 
  • Arcos 
  • Barbacena 
  • Belo Horizonte 
  • Betim 
  • Boa Esperança
  • Bom Despacho 
  • Campo Belo 
  • Campos Altos 
  • Capitólio
  • Carmo do Cajuru 
  • Contagem
  • Coronel Fabriciano
  • Divinópolis 
  • Esmeraldas 
  • Extrema
  • Governador Valadares
  • Guimarânia
  • Ipatinga
  • Itabira
  • Juiz de Fora
  • Lagoa da Prata 
  • Lavras 
  • Manhuaçu
  • Mariana
  • Muriaé
  • Nova Lima
  • Patrocínio
  • Poços de Caldas 
  • Pouso Alegre 
  • Ribeirão das Neves
  • Sabará 
  • Santa Luzia
  • Santana do Paraíso
  • Santo Antônio do Monte 
  • São João Del Rei
  • Serra do Salitre 
  • Sete Lagoas
  • Timóteo
  • Toledo





Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade