Publicidade

Estado de Minas

Sobe para 37 o número de mortos por causa das últimas chuvas em Minas

A conta pode aumentar já que 17 pessoas permanecem desaparecidas. Na manhã deste domingo, mais quatros corpos de vítimas de soterramento no Barreiro foram encontrados


postado em 26/01/2020 10:27 / atualizado em 26/01/2020 11:03

(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)

Subiu para 37 o número de mortos em decorrência das chuvas que atingem Minas nos últimos dias. O balanço foi atualizado pela Defesa Civil, na manhã deste domingo (26).  A conta pode aumentar já que 25 pessoas permanecem desaparecidas.

As pessoas que tiveram que deixar suas casas saltou de  3.531 para mais de 17 mil. Conforme o último boletim, são 13,687 mil desalojados  e 3.354 desabrigados em todo o estado.  Nesse sábado, o governador Romeu Zema decretou situação de emergência em 47 cidades mineiras.

Na manhã de hoje, os bombeiros resgataram quatro corpos dos escombros das casas soterradas por um deslizamento de barranco, no Barreiro. Ao menos cinco imóveis ficaram embaixo da terra. Das sete pessoas soterradas, seis corpos já foram encontrados. Uma continua desaparecida.

Nesse sábado, mais corpos foram resgatados na capital. Cinco pessoas da mesma família foram soterradas pelo desmoronamento de barracões no Bairro Jardim Alvorada, na Pampulha. Todos morreram.


Publicidade