Publicidade

Estado de Minas

Chuva não dá trégua: saiba até quando a instabilidade vai seguir em Minas

Defesa Civil de Belo Horizonte emitiu um alerta para a possibilidade de pancadas de chuva até a manhã de terça-feira


postado em 09/12/2019 15:01 / atualizado em 09/12/2019 15:41

Chuva deve atingir Belo Horizonte até a próxima sexta-feira(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press.)
Chuva deve atingir Belo Horizonte até a próxima sexta-feira (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press.)

A chuva parece que veio para ficar em Minas Gerais. A instabilidade no tempo no estado deve continuar em todas as regiões até, ao menos, a próxima sexta-feira. Há possibilidade de temporais durante a semana. A Defesa Civil Municipal de Belo Horizonte emitiu um alerta para a possibilidade de pancadas de chuva nesta segunda-feira. Elas podem ser seguidas de rajadas de vento e raios.

A instabilidade está sendo provocada pelo fluxo de umidade que está chegando em Minas Gerais. “Estamos com um fluxo de umidade da região amazônica, que é comum na Primavera e Verão. Esse fluxo, aliado ao calor, provoca essas pancadas de chuva, sendo que podem ser de moderada a forte”, explicou Claudemir de Azevedo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

A chuva deve atingir todas as regiões de Minas. “No Sul, Triângulo, Oeste, Campo das Vertentes e Zona da Mata, teremos pancadas de chuva mais significativas. Mas, a instabilidade vai atingir até mesmo o Norte do estado”, disse o especialista.

Temporal em Belo Horizonte


Os moradores da capital mineira devem se preparar. A Defesa Civil emitiu um alerta para a possibilidade de pancadas de chuva até a manhã desta terça-feira. A precipitação deve ser acompanhada de rajadas de vento de até 50 quilômetros por hora. Além de descargas elétricas. “Em Belo Horizonte teremos temperaturas de 30ºC nesta terça-feira e ocorrências de pancadas de chuva até sexta-feira”, comentou Azevedo.

Recomendações durante a chuva


  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva.
  • %u2800
  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.
  • %u2800
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • %u2800
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros.
  • %u2800
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • %u2800
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil (199).
  • %u2800
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos.

Fonte: Defesa Civil


Publicidade