Publicidade

Estado de Minas

Homem com 34 páginas de antecedentes criminais é preso por roubo

Segundo a Polícia Civil já foram cumpridos 13 mandados de prisão contra ele, que tem mais 45 anos de pena a cumprir


postado em 14/10/2019 19:26 / atualizado em 14/10/2019 20:37

O delegado Rafael Horácio (no meio) informou que o homem fazia parte da quadrilha
O delegado Rafael Horácio (no meio) informou que o homem fazia parte da quadrilha "Pica Pau" (foto: Polícia Civil/Divulgação)


Um homem de 35 anos foi preso na última quinta-feira por roubar residências. Ele tem uma vasta ficha criminal, com 34 páginas que detalham roubo, furto, estelionato e formação de quadrilha. A prisão ocorreu no Bairro Cachoeirinha, Região Noroeste de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Civil, ele ainda tem 45 anos de pena a cumprir. 

O delegado Rafael Horácio informou que, mesmo com os antecedentes criminais, o homem trabalhava como motorista de aplicativo, função que aproveitava para interrogar os clientes sobre suas casas informalmente. Ele pesquisava se as residências seriam monitoradas ou não para planejar o roubo. 

Segundo a corporação, o preso era integrante da quadrilha do Pica Pau, organização criminosa responsável pelo roubo à casa desembargador de Justiça Joaquim Herculano, ex-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). 
 
*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa


Publicidade