Publicidade

Estado de Minas

Homem diz que ficou ''com medo'' da esposa e a mata a facadas na Grande BH

Homem disse que entrou em discussão com a companheira, que teria o ameaçado com uma faca. Mulher teve sete perfurações, situadas no pescoço e no tórax


postado em 03/10/2019 23:15 / atualizado em 03/10/2019 23:21

(foto: Reprodução/Google Street View)
(foto: Reprodução/Google Street View)

 
Mais uma mulher foi vítima de um homem na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Desta vez, o ódio se dirigiu a uma mulher de 36 anos, na Rua Antônio Bleme Filho, em Betim. 

Segundo a Polícia Militar (PM), a guarnição chegou ao local por volta das 9h30 desta quinta-feira (3). Quando ela chegou, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) já estava no endereço e havia constatado a morte da mulher.

O marido dela estava dentro de uma ambulância do Samu, pois ele havia sido atingido superficialmente por faca no pescoço. 

Ao conversar com os militares, conforme o boletim de ocorrência, ele, inicialmente, contou que homens encapuzados invadiram a casa e atacaram o casal. O suspeito também disse que havia desmaiado durante o assalto. 

Contudo, a perícia da Polícia Civil, quando chegou ao local, não encontrou marcas de arrombamento na porta do imóvel, que estava aberta. Pressionado, o acusado confessou o crime, segundo a PM. 

De acordo com os militares, ele disse que discutiu com a esposa por volta de meia-noite. Ela, segundo o suspeito, havia consumido bebida alcóolica e era usuária de medicamento controlado. 
 
Por isso, de acordo com os relatos do homem, a mulher teria perdido o controle e tentado o atacar com uma faca. Portanto, ele contou que ficou com medo das investidas da companheiras e, para se proteger, deu sete facadas nela.

A polícia prendeu o homem em flagrante e o encaminhou para a delegacia de Betim. Ele, antes, passou pelo Hospital Regional de Betim, onde recebeu cuidados médicos. 

O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico-Legal. 


Publicidade