Publicidade

Estado de Minas

Sufoco, seca e fumaça? Saiba quando vai chover em BH

Frente fria que chega em Minas Gerais deve mudar o tempo em várias cidades entre sábado e o início da próxima semana


postado em 19/09/2019 16:22 / atualizado em 19/09/2019 16:53

Última chuva significativa em BH foi em 14 de junho(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
Última chuva significativa em BH foi em 14 de junho (foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)

Belo Horizonte dormiu e acordou tomada pela fumaça proveniente dos incêndios. O tempo seco e a baixa qualidade do ar já estão provocando danos à saúde de vários moradores, enquanto as queimadas não param de aumentar. Com o longo período de estiagem, que já dura 97 dias, fica apenas uma pergunta: quando vai voltar a chover na capital mineira?

Uma frente fria que chega a Minas Gerias no fim de semana e deverá mudar o tempo e dar um alívio aos moradores. “No fim de semana, a frente já começa a atuar no estado. Ela está no Sul do país atuando próximo ao litoral de São Paulo. No sábado, já pode provocar chuva no Sul do estado. Já no domingo, no Campo das Vertentes, Zona da Mata, e algumas áreas da Grande BH, mas não na capital mineira”, explicou Cleber Sousa, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Belo Horizonte terá um aumento na nebulosidade e um refresco na temperatura. “Chuva somente entre a terça e quinta-feira na capital mineira”, disse o especialista. A última chuva significativa na cidade foi em 14 de junho. De lá para cá, houve uma precipitação acompanhada por granizo em 23 de agosto. Mas o volume foi baixo e não foi captado pelas estações meteorológicas do Inmet.

Calor intenso


Antes da chuva, porém, BH ainda terá que conviver com o calor, inclusive com a possibilidade de quebra de recorde. Nessa quarta-feira, a cidade registrou o dia mais seco do ano, com 14% de umidade relativa do ar. O índice é considerado estado de alerta. A situação melhorou nesta quinta-feira. “Na estação Santo Agostinho, ficamos com 34,7°C de temperatura e umidade em 21%. Já a Pampulha registrou a 35°C e 16%”, comentou Cleber Sousa.

Segundo ele, no sábado a temperatura deve disparar ainda mais na capital. “Sempre com a passagem da frente fria, a temperatura aumenta. No sábado, a máxima em BH pode ficar entre 36°C e 37°C”, contou. Neste ano, o dia mais quente foi em 13 de setembro, quando os termômetros marcaram 36,4°C.

Interior vive clima de deserto


O calor também atinge cidades do interior de Minas Gerais. Em São Romão, no Norte de Minas, os termômetros marcaram 41,5°C, uma das mais altas temperaturas do ano. Além do calor, cidades sofrem com o tempo seco. Em seis cidades, a umidade relativa do ar ficou abaixo de 10%, clima semelhante ao deserto. As cidades nessa situação foram Mocambinho, Pirapora, Montalvânia, Paracatu, São Romão, e Unaí.


Publicidade