Publicidade

Estado de Minas

Redes sociais repercutem fumaça no céu de BH; bombeiros culpam volume de incêndios

Diferentes bairros da cidade registram grande quantidade de fumaça. Setembro é mês com maior número de ocorrências segundo média histórica


postado em 18/09/2019 22:01 / atualizado em 18/09/2019 23:52

Névoa toma conta até do Centro de BH na noite desta quarta(foto: Fred Bottrel/EM/D.A Press)
Névoa toma conta até do Centro de BH na noite desta quarta (foto: Fred Bottrel/EM/D.A Press)

 

Uma densa fumaça toma conta do céu de Belo Horizonte na noite desta quarta-feira (18). A situação repercute entre usuários do Twitter e entre leitores do Estado de Minas, que relatam o fenômeno em inúmeras regiões da cidade.


Segundo o Corpo de Bombeiros, trata-se de uma consequência de diversas ocorrências que cercam a cidade, entre elas uma na área verde próxima ao Condomínio Morro do Chapéu, em Nova Lima, na Grande BH.

 

Ver galeria . 4 Fotos Diferentes bairros da cidade registram grande quantidade de fumaça. Setembro é mês com maior número de ocorrências segundo média históricaMarcos Vieira/EM/D.A Press
Diferentes bairros da cidade registram grande quantidade de fumaça. Setembro é mês com maior número de ocorrências segundo média histórica (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press )
 


Outras ocorrências dentro da cidade também impulsionam o volume de fumaça, de acordo com a corporação.


Leitores relatam as dificuldades em diversos bairros, como Gutierrez (Oeste), Prado (Oeste), Santo Agostinho (Centro-Sul), Palmares (Nordeste), Ipiranga (Nordeste), Bairro da Graça (Nordeste), Fernão Dias (Nordeste) e São Bernardo (Norte).


Moradores de outros bairros tradicionais, como Lagoinha (Noroeste), Santa Tereza, Floresta e Sagrada Família (todos na Região Leste), também reclamam da situação. O mesmo acontece no Hipercentro da cidade.

 

Também nesta quarta, a cidade registrou a menor umidade relativa do ar do ano. Segundo a Defesa Civil, a estação meteorológica da Cidade Administrativa computou o índice de 12% às 14h30.  


Confira a repercussão nas redes sociais:

 

 

 


Publicidade