Publicidade

Estado de Minas

Polícia prende quatro integrantes de facção criminosa envolvida em homicídio

Segundo investigações da Polícia Civil, outros dois suspeitos continuam foragidos


postado em 03/07/2019 15:32 / atualizado em 03/07/2019 17:55

Polícia Civil acredita que homicídio ocorreu por
Polícia Civil acredita que homicídio ocorreu por "acerto de contas" (foto: Polícia Civil/Divulgação)

Quatro pessoas de uma mesma quadrilha foram presas pelo envolvimento no homicídio de Gabriel Pereira Rocha, de 30 anos. A prisão foi realizada na manhã desta terça-feira após investigações da Polícia Civil. O crime ocorreu em 7 de abril deste ano, no Bairro Lajedo, Região Norte de Belo Horizonte.

Inicialmente, a polícia recebeu a informação de que a vítima havia sido morta em razão do envolvimento amoroso com a mulher de um outro morador do bairro. No entanto, no decorrer das investigações, essa informação foi negada. A polícia acredita que o assassinato teria ocorrido por um “acerto de contas” no tráfico de drogas.

“Informações preliminares apontavam que a vítima teria sido executada após envolvimento amoroso com a esposa de um suspeito. No entanto, as investigações apontaram que Gabriel fora executado por uma organização criminosa, ligada ao tráfico de drogas, que atua no Bairro Novo Tupi", acrescentou o delegado Luciano Guimarães.

Os presos têm idades entre 23 e 37 anos. Dois não foram localizados e estão foragidos.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade