Publicidade

Estado de Minas

Homem morre de infarto durante ataque a banco e tiroteio em Uberaba

Bombeiros saíram para o resgate durante o tiroteio, mas ação criminosa prejudicou a chegada. Quartel também foi atingido por disparos. Ainda não se sabe se vítima passou mal por causa do susto com o ataque


postado em 27/06/2019 13:04 / atualizado em 27/06/2019 15:43

Foto dos bombeiros mostra munição recolhida após o tiroteio. Ao fundo, miguelitos para furar pneus das viaturas. Dois veículos foram danificados(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Foto dos bombeiros mostra munição recolhida após o tiroteio. Ao fundo, miguelitos para furar pneus das viaturas. Dois veículos foram danificados (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


Um homem de 57 anos morreu durante o ataque a um banco na madrugada desta quinta-feira em Uberaba, no Triângulo Mineiro. A vítima estava em casa e sofreu um infarto. Segundo o Corpo de Bombeiros, o tiroteio ainda em andamento e obstáculos colocados nas vias dificultaram o atendimento rápido. O quartel dos militares também foi alvo de disparos do bando. Dez homens foram presos pela manhã após fazerem sete pessoas reféns.




Por volta das 4h, uma quadrilha fortemente armada explodiu uma agência do Banco do Brasil, na Avenida Leopoldino de Oliveira, no centro. A explosão foi ouvida na região e alertou os policiais, que entraram em confronto com os bandidos. Durante a perseguição, os bandidos chegaram a usar um caminhão para bloquear o trânsito no entorno do local atacado e impedir o acesso dos agentes. Duas pessoas foram atingidas, sendo um homem ferido por estilhaços e uma mulher atingida no rosto. Segundo os bombeiros, ela estava em um Uber. Dois seguranças do banco inalaram fumaça e precisaram de atendimento médico. 

Os bandidos atiraram durante muito tempo, atingindo imóveis públicos, como a Câmara Municipal e o próprio quartel do Corpo de Bombeiros, como informou o tenente-coronel Anderson Passos, comandante do Batalhão de Uberaba.  Segundo ele, o chamado para atender a vítima de infarto foi por volta das 5h30. O homem foi identificado como Lauriston Cobo Gomides Júnior, morador do Bairro Cristo Rei. “Em uma condição normal, a gente chegaria em poucos minutos, o tempo foi prejudicado em razão disso (ataque)”, explicou o militar. Os militares fizeram manobras para reanimar a vítima, mas sem sucesso. “A equipe do Samu também foi acionada e o óbito foi constatado pelo médico”, disse. 



Conforme o bombeiro, quando as viaturas saíram para atendimento, os criminosos ainda estavam atirando. “Muitas ruas isoladas, muitos bloqueios, a gangue espalhada pela cidade, muitos pontos de desvio”, afirma o militar. Uma ambulância e uma caminhonete foram encaminhadas ao Bairro Cristo Rei para atender a vítima de infarto, e três pneus dos veículos furaram ao passar por miguelitos, objetos feitos com pregos para danificar esses itens. Um deles teria sido na volta. Ainda segundo o militar, não é possível afirmar que Lauriston passou mal por causa do susto com o ataque dos criminosos. 

Quartel alvo de tiros

Foto mostra buracos dos disparos contra o quartel dos bombeiros em Uberaba(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Foto mostra buracos dos disparos contra o quartel dos bombeiros em Uberaba (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


O tenente-coronel Passos, conta que o quartel do Corpo de Bombeiros foi um dos primeiros imóveis a ser alvo dos bandidos durante a madrugada. Os tiros começaram pouco antes das 4h. Segundo ele, 12 militares estavam no imóvel. “Nós ficamos a uns 150 metros das agências. Eles chegaram e deram uma rajada de tiros na parede. Quando os bombeiros chegaram na janela, mais tiros e todo mundo se protegeu. A turma ficou recolhida no quartel”, contou o militar. Vez ou outra algum criminoso voltava para atirar. 

Fotos mostram os danos ao quartel. Além dos buracos dos tiros nas paredes externas e até em um dormitório, há vidros quebrados e viaturas atingidas na lataria. Muitos miguelitos foram recolhidos no entorno, além de estojos de munição e balas. 

Sobre a situação na cidade, o comandante do Corpo de Bombeiros analisa que os moradores agiram com mais prudência. “As pessoas não foram para a rua, e a resposta da PM fala por si só. Foi muito rápida ao conseguir prender os bandidos”, analisou.  

Ver galeria . 23 Fotos Criminosos levaram pânico à cidade de Uberaba na madrugada desta quinta. Eles explodiram uma agência bancária e se envolveram em um tiroteio. Duas pessoas ficaram feridas. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra mulheres e crianças deitados no chão em um hospital da cidade para se proteger do tiroteioReprodução da internet/Twitter
Criminosos levaram pânico à cidade de Uberaba na madrugada desta quinta. Eles explodiram uma agência bancária e se envolveram em um tiroteio. Duas pessoas ficaram feridas. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra mulheres e crianças deitados no chão em um hospital da cidade para se proteger do tiroteio (foto: Reprodução da internet/Twitter )


Publicidade