Publicidade

Estado de Minas

Ministério Público tem canal para receber denúncias relacionadas à boneca Momo

MPMG abriu procedimento de investigação sigiloso para apurar possíveis crimes virtuais envolvendo personagem


postado em 19/03/2019 17:25 / atualizado em 19/03/2019 18:33

Boneca assustadora aparece no meio de vídeos infantis(foto: Reprodução/Twitter)
Boneca assustadora aparece no meio de vídeos infantis (foto: Reprodução/Twitter)

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) informou, na tarde desta terça-feira, que instaurou procedimento de investigação sigiloso para apurar possíveis casos no ambiente virtual envolvendo a figura da boneca Momo. Um e-mail para recebimento de denúncias também foi criado. Os casos podem ser encaminhados para crimedigital@mpmg.mp.br.

Há relatos de aparição da boneca macabra no meio de vídeos do Youtube em que crianças fazem slime ou em episódios de desenho e até em clipes de músicas infantis. Tudo isso no YouTube Kids, plataforma criada exclusivamente para os pequenos. Momo aparece repentinamente dando instruções, em inglês, de como cometer suicídio.

Além de a mensagem de voz da Momo ensinar como cortar os pulsos com diversos objetos que certamente estão presentes em casa, há também imagens demonstrando o ato, fazendo com que se torne facilmente imitável pelas crianças. O YouTube Brasil disse que a Momo não foi encontrada por sua equipe no conteúdo da plataforma.

O Ministério Público não confirmou se houve casos registrados em Minas Gerais, pois o processo é sigiloso.

Baleia azul

Em 2017, houve um caso parecido em todo mundo. A Polícia Civil de Minas investigou casos de pessoas que se mutilaram ou se mataram, supostamente por causa do jogo Baleia Azul. Criado na Rússia, o jogo macabro estaria relacionado a 130 mortes de jovens naquele país. O “game” consistia na realização de 50 desafios de dificuldade crescente, ordenados por um “mediador”, que levava risco de vida, induzindo à automutilação e culminando com o autoextermínio. 


Recomendações

Para evitar riscos com esses tipos de games, o MP relacionou algumas ações para uso seguro da internet:

» Fique atento a eventuais mudanças de comportamento do jovem
» Demonstre interesse pela rotina dele
» Adolescentes com a autoestima em baixa são mais vulneráveis
» Dialogue e atraia a confiança de seu filho
» Evite que ele fique muito tempo na internet
» Deixe o computador em um local comum e visível da casa
» Evite expor na internet informações particulares e dados pessoais
» Denuncie qualquer suspeita ao #MPMG: crimedigital@mpmg.mp.br

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.


Publicidade