Publicidade

Estado de Minas

Protetores dos animais temem novos envenenamentos no Bairro Gutierrez

Sete gatos e dois pombos foram encontrados mortos no final de 2017. Voluntária diz que alguém teria jogado creolina onde os gatos vivem no mês passado


postado em 07/11/2018 12:52 / atualizado em 07/11/2018 13:39

Gatos são alimentados em rua do Bairro Gutierrez(foto: Daniela Pereira (MMDA))
Gatos são alimentados em rua do Bairro Gutierrez (foto: Daniela Pereira (MMDA))

O Movimento Mineiro pelos Direitos dos Animais (MMDA) vive o temor de uma nova onda de envenenamento de animais no Bairro Gutierrez, na Região Oeste de Belo Horizonte. No final de 2017, pombos e gatos foram encontrados mortos na região.

Segundo a voluntária do MMDA, Daniela Pereira, que alimenta diariamente os animais, moradores de dois prédios da Rua Benjamim Jacob reclamam da presença dos gatos em um terreno vizinho. Ela conta que deixa a ração, mas outras pessoas varrem depois. “No ano passado começou assim também. Primeiro tiraram as rações, depois colocaram veneno e mataram os animais. Há vinte dias jogaram creolina, substância tóxica que pode matar os gatos” afirmou.

Cartazes espalhados na região depois dos casos de 2017(foto: MMDA/Divulgação)
Cartazes espalhados na região depois dos casos de 2017 (foto: MMDA/Divulgação)
Daniela também contou que existe um planejamento para castrar e buscar lares para os gatos, mas que os moradores não entendem que isso leva tempo. “Consegui uma parceria com a Zoonoses para castração dos gatos e devemos realizá-la na segunda quinzena de novembro. Depois disso iremos iniciar as buscas para adoção dos animais” disse. 

A voluntária faz um apelo para que os animais não sofram com isso. “Os gatos ainda ajudam, por serem predadores naturais de ratos e animais peçonhentos. Envenenar os animais não é solução para nada.”

Mesmo caso em 2017

De dezembro de 2017 a janeiro deste ano , sete gatos e dois pombos foram encontrados mortos na mesma região. Na época, protetores dos animais espalharam cartazes de denúncia dos envenenamentos pelo Bairro Gutierrez com informações sobre o crime ambiental de maus tratos aos animais.
Gato encontrado morto em dezembro de 2017(foto: MMDA/Divulgação)
Gato encontrado morto em dezembro de 2017 (foto: MMDA/Divulgação)


* Estagiário sob supervisão da subeditora Regina Werneck

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade