Publicidade

Estado de Minas

BH tem diversão até o último minuto para a criançada nas férias

Com programações que vão de brinquedos antigos a fazenda urbana, passando por caça ao tesouro e experiências científicas, BH tem de tudo para a criançada neste fim de férias


postado em 21/07/2018 06:00 / atualizado em 21/07/2018 08:34

Com área reservada para os pequenos, a exposição na Gameleira traz a fazenda para a cidade(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Com área reservada para os pequenos, a exposição na Gameleira traz a fazenda para a cidade (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
De piscina de bolinhas para os pequenos às oficinas com palhaços e até uma fazenda urbana com animais em miniatura. Não faltam opções em Belo Horizonte para as crianças se divertirem nestas férias. E com a proximidade do fim do recesso escolar, nada melhor do que aproveitar essas últimas semanas de folga para levar os pequenos para um passeio. Museus, parques e praças oferecem uma vasta programação para entreter a criançada, que promete cansar até os mais agitados. E haja fôlego para os pais acompanharem tamanha empolgação.

O Parque da Gameleira, no bairro homônimo, na Região Oeste de BH, trouxe a roça mais uma vez até a cidade grande, com a 37ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador. Além de provas e campeonatos com cavalos da raça e uma vila gastronômica repleta de delícias para todos os gostos, a criançada pode se divertir no espaço Kids, que funciona das 10h às 20h. O ingresso dá direito a uma pulseira e corresponde à diária. Pais e filhos podem entrar e sair ao longo de todo o horário de funcionamento. Porém, a entrada de menores de 10 anos é permitida apenas com acompanhamento dos pais.

Uma fazenda urbana foi montada com pôneis, bois, cabritos, coelhos e até lhamas, todos em versão miniatura. Os pequenos podem entrar à vontade no espaço, tocar nos bichos e tirar muitas fotos. Monitores separam os menores dos maiores, permitindo, assim, que todos brinquem onde quiserem. “É muito bacana. Venho todos os anos. As crianças podem ter contato com animais que não vemos na cidade e se não fosse assim talvez nem poderiam conhecê-los”, disse Raquel Duarte, de 42 anos, mãe da Ana Júlia, de 10.

E não tem idade certa para aproveitar. Piscina de bolinhas, escorregadores infláveis e até touro mecânico, o espaço oferece atividades que prometem gastar a energia até das crianças mais elétricas. Os mais corajosos também podem se aventurar a pegar uma das seis cobras em exibição no espaço. O manejo dos animais é feito com acompanhamento de um monitor. Das 11h às 17h de hoje e amanhã, as serpentes podem ser vistas por adultos, jovens e crianças. “Não tenho coragem nem de chegar perto. Prefiro olhar só pelo vidro”, conta a pequena Ana Júlia.

TESOUROS
Engana-se quem pensa que museu é lugar de coisas antigas. No Circuito Cultural da Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul da capital, os museus montaram também uma programação especial para quem está de férias, além das exposições permanentes. Pelos corredores dos diferentes espaços, é possível sentir a empolgação da criançada. No Memorial Vale, as oficinas de férias para crianças a partir de 8 anos de idade serão realizadas até o próximo sábado. Uma divertida caça ao tesouro, voltada para a faixa etária de 8 a 15 anos, vai testar os conhecimentos dos pequenos sobre Minas Gerais e tem como proposta dar às crianças a oportunidade de perceber e repensar o espaço de um museu. Os pais ou responsáveis podem entrar na brincadeira guiando a turminha,  sendo indispensável a participação de um adulto acompanhando a criança.

Cavernas prontas para serem exploradas no coração da capital, a programação do Museu das Minas e do Metal, também na Praça da Liberdade, propõe uma viagem ao mundo da paleontologia e dos minerais. Uma pegada, um vestígio, uma marca: pistas que ajudarão as crianças a desvendar os mistérios nas oficinas propostas pelo museu.

No Museu dos Brinquedos, a escolha é ampla: vai de peças do passado a aulas de ciências(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
No Museu dos Brinquedos, a escolha é ampla: vai de peças do passado a aulas de ciências (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
PASSADO E FUTURO
As clássicas brincadeiras do tempo da vovó como pega-pega, esconde-esconde e bola de gude da colônia de férias do Museu dos Brinquedos, na Região Centro-Sul da capital, também são diversão garantida para os pequenos. Na programação especial de ontem, a atração ficou por conta de um show cheio de descobertas científicas. Vestidos de palhaços, os educadores do museu apresentaram inusitadas experiências aos pequenos, que acompanhavam a apresentação sentados no chão do pátio. Com os olhos arregalados, as crianças observavam atentas enquanto os palhaços faziam o experimento de um vulcão em erupção. A apresentação ocorre todos os dias, às 16h.

E a diversão não para por aí. Até o dia 31, serão oferecidas oficinas de brinquedos, experiências científicas, brincadeiras temáticas, em quase cinco horas de atividades culturais e artísticas, em que as crianças permanecem sob os cuidados e atenção de uma equipe de pedagogos, artistas e educadores. Empolgada com a programação, Renata de Cássia Mascarenhas, de 46, levou os filhos Vinicius, de 5, e Leonardo, de 6, para passar a tarde no museu. “Não conhecia o museu, minha amiga me convenceu a vir e estou encantada. As crianças conseguiram aproveitar bastante. Tem muita opção de brincadeiras”, disse.

A decoração espacial dá um toque único ao ambiente e nesse clima os educadores convidam as crianças a aprender um pouco sobre química, física e o universo. Nas oficinas de brinquedos, os pequenos vão aprender a fazer robôs, espaçonaves, foguetes e disco voador, tudo com materiais recicláveis, como garrafas PET, CDs e papelão. Já no Laboratório de Experiências Malucas, as crianças vão desvendar mistérios da ciência com experimentos lúdicos e científicos, entre eles geleca cósmica, ilusão de ótica, relógio de Sol, discos de Newton e bússola.

Mas no museu a brincadeira não tem fim e os frequentadores podem optar pela visita tradicional – ele só não fica aberto à visitação no domingo. São 5 mil brinquedos no acervo em exposição permanente, que trazem um sentimento de nostalgia aos pais. “Olha aqui a boneca ‘Meu bebê’. Você se lembra dela?”, pergunta Maria Cláudia de Oliveira, de 46, para a filha Ana Flávia, de 8. Visitando o espaço pela primeira vez, ela aproveitou uma folga para levar a pequena e o filho mais velho, Fábio Lucas, de 11, para participar das brincadeiras e se surpreendeu com o acervo. “Estamos encantados. É como reviver o passado. Muitos desses brinquedos fizeram parte da minha infância”, comenta.

*Estagiária sob supervisão da subeditora Rachel Botelho


ROTA DA ALEGRIA

Confira alguns dos eventos voltados para a criançada na capital

» 37ª Exposição Nacional do Cavalo
Mangalarga Marchador
Endereço: Parque da Gameleira  
Avenida Amazonas, 6.020
Horário: das 8h às 22h
Ingresso: R$ 20. Crianças até 12 anos
não pagam
Informações: www.abccmm.org.br

» Férias no Museu
Endereço: Museu dos Brinquedos  
Avenida Afonso Pena, 2.564
Horários: das 13h às 17h30
Ingresso: R$ 24 (inteira) e R$ 12
(meia entrada)

» Oficina de Aquarela
Endereço: Memorial Minas Vale  
Praça da Liberdade
Horário: das 14h às 17h
Informações: www.memorialvale.com.br

» Colônia de férias do Unique
Endereço: Rua José Rodrigues Pereira, 487  Bairro Buritis
Horário: das 7h30 às 18h (a partir de 23/7)
Informações: www.nucelounique.com.br

» Jogos Educativos
Endereço: MM Gerdau – Praça da Liberdade
Horário: das 13 às 17h
Informações: www.mmgerdau.org.br

» Trem Caipira de Férias
Endereço: Museu de Artes e Ofícios  
Praça da Estação
Horário: das 9h às 16h30 (a partir de 24/07)
Informações: www.mao.org.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade