Publicidade

Estado de Minas

PM prende 'Maníaco da Janela' com arsenal após tiros no Bairro Santo Antônio

Homem atirou na rua durante briga com funcionário de bar da região e foi preso com várias armas dentro de seu apartamento


postado em 05/04/2018 10:22 / atualizado em 05/04/2018 18:42

Mesmo com registro de colecionador, armamento foi todo apreendido porque homem não apontou de qual arma partiram os disparos durante briga com funcionário de bar(foto: PM/Divulgação)
Mesmo com registro de colecionador, armamento foi todo apreendido porque homem não apontou de qual arma partiram os disparos durante briga com funcionário de bar (foto: PM/Divulgação)
Um homem foi preso com várias armas com registro de colecionador em seu apartamento na Rua São Domingos do Prata, no Bairro Santo Antônio, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira. De acordo com a Polícia Militar, tudo começou quando C.S.J., de 50 anos, teria atirado contra um funcionário de um bar da região porque o homem estaria colocando lixo em um local que desagradou o autor do crime.

Testemunhas contaram à PM que C. é conhecido como 'Maníaco da Janela', pois tem o costume de olhar insistentemente para as janelas de residências vizinhas e por isso já foi alvo de reclamações de vários moradores. Segundo o tenente-coronel Julio César Gomes Meneguite, comandante do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam), nenhum dos disparos acertou a vítima, mas ela foi agredida com uma coronhada na cabeça.

No momento da chegada da PM no local, o autor não estava, mas testemunhas apontaram qual seria seu endereço. Como ele se recusou a abrir a porta, a fechadura foi arrombada e a PM entrou no imóvel, encontrando o autor dentro de casa, acompanhado de um idoso, que seria seu pai, e uma cuidadora do homem mais velho. "Ele se identifica como policial civil, mas não é da polícia, e já tem passagens anteriores por disparos de arma de fogo", afirma o tenente-coronel.
PM precisou arrombar a fechadura para entrar no imóvel e apreender armamento(foto: PM/Divulgação)
PM precisou arrombar a fechadura para entrar no imóvel e apreender armamento (foto: PM/Divulgação)


No local, foram encontradas três pistolas calibre .380, duas pistolas calibre .40, uma carabina winchester calibre .44, uma escopeta calibre 12, além de muitas munições e carregadores. Ainda segundo o comandante do Batalhão Rotam, como o autor não apontou de qual arma foram feitos os disparos, todo o arsenal foi apreendido, após contato prévio com a Polícia Civil. A maioria das armas tinha o registro de colecionador, conforme o tenente-coronel.

Como a vítima da primeira ação foi atingida por uma coronhada, ela foi encaminhada para o hospital, onde foi atendida e acompanhou o encerramento da ocorrência. A cuidadora do idoso que estava na casa informou que foi obrigada a não abrir a porta quando os policiais chegaram. O caso foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil do Barreiro.

Confira a lista de materiais apreendidos na ocorrência:

03 pistolas calibre .380
02 pistolas calibre .40
01 carabina winchester calibre .44
01 escopeta pump action calibre 12
12 carregadores para pistola calibre .40
14 carregadores para pistola calibre .380
01 carregador para pistola calibre 7,65
01 carregador para pistola calibre indefinido
17 potes de pólvora cbc 217
04 caixas contendo cada uma 5 mil espoletas
3181 munições calibre 12
4.350 munições calibre .380
2000 estojos sem espoleta calibre .380
5.932 munições calibre .40
3000 estojos sem espoleta calibre .40
900 munições calibre .44
08 cartuchos inertes (sem pólvora) calibre 7,62
11.000 projéteis (pontas) de calibre .380
vários projéteis de calibres diversos
vários cartuchos vazios de calibres diversos

Armas foram levadas para Central de Flagrantes da Polícia Civil no Barreiro(foto: PM/Divulgação)
Armas foram levadas para Central de Flagrantes da Polícia Civil no Barreiro (foto: PM/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade