Publicidade

Estado de Minas

Polícia prende suspeito de matar grávida de três meses em Betim

Homicídio aconteceu depois de briga em festa e autor estava foragido desde o início de fevereiro


postado em 04/04/2018 19:56 / atualizado em 04/04/2018 20:10

Um homem, de 22 anos foi preso, suspeito de assassinar uma jovem de 18, grávida de três meses, em uma festa no Centro de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a polícia, os dois teriam discutido na festa e o homem atirou contra a vítima. Ela foi levada ao hospital, mas acabou morrendo.

Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu em 3 de fevereiro, na porta da casa do suspeito. Peterson Tharso Lima de Jesus teria convidado os amigos para comemorar o aniversário em sua casa e, por volta de 23h um grupo tocou a campainha, alegando ter sido convidado por um de seus amigos. Peterson não autorizou a entrada do grupo na casa, iniciando uma discussão.

De acordo com o boletim de ocorrências, o grupo pediu para falar com a pessoa que os havia convidado e, então, o suspeito entrou na casa, dizendo que iria chamá-la. Porém, ele retornou armado, gritando e correndo atrás do grupo. Durante a confusão, o suspeito agrediu um jovem com o cano do revólver. Ele foi encaminhado ao hospital, com ferimentos leves.

Segundo testemunhas, a vítima disse ao suspeito que estava grávida e, por isso, iria permanecer na entrada da casa e não tentaria correr. Nesse momento, Perterson atirou no abdômen da jovem. A vítima foi encaminhada para o hospital, mas não resistiu.

Após atirar contra a grávida, o suspeito fugiu. Ele estava foragido até a última quarta-feira, quando foi preso pela Polícia Militar (PM). Segundo a Polícia Civil, Peterson já tinha passagem pela polícia por estelionato, receptação, associação criminosa e falsificação de documento. Ele foi encaminhado ao sistema prisional e responderá por homicídio qualificado e também pela morte do feto.

* Sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade