Publicidade

Estado de Minas

Suspeitos de narcotráfico são presos com 71 quilos de maconha em BH

Polícia Civil armou uma operação em local que aconteceria entrega de drogas. Delegado diz que há outras pessoas envolvidas no tráfico e que as investigações continuarão


postado em 04/04/2018 15:10 / atualizado em 04/04/2018 16:01

(foto: Polícia Civil/Divulgação)
(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Dois homens, suspeitos de serem narcotraficantes, foram presos pela Polícia Militar por envolvimento com tráfico de drogas em Belo Horizonte. Em coletiva nesta quarta, a PM informou que o objetivo da operação – que culminou na prisão de Carlos Pereira, de 46 anos, e Walter Ribeiro, conhecido como "Gordo", de 45 – é desarticular a prática nos bairros Cabana Pai Tomaz e Nova Cintra, na Região Oeste da capital mineira.

No local onde os suspeitos foram presos, a polícia encontrou 71 quilos de maconha, dois aparelhos celulares, uma balança de precisão e uma motocicleta. De acordo com os civis, a corporação investigou que seria feita uma grande transação de drogas naquele lugar e que Walter Ribeiro seria responsável pela entrega das substâncias.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Arthur Alberto Neves Vieira, os policiais fizeram uma campana no local apontado, quando apreenderam a droga, uma moto e os outros objetos.

Para o chefe do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico, delegado Wagner Pinto, a prisão da dupla é apenas um ponto de partida. "Na realidade, nosso objetivo é chegar a toda a quadrilha. A prisão da dupla é um ponto de partida para chegarmos aos chefes”, apontou.

A Polícia Civil permanece apurando o caso para que os outros envolvidos no narcotráfico sejam identificados e presos. Segundo a corporação, a droga e os demais bens e objetos apreendidos estão à disposição da Justiça.

* Sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade