Publicidade

Estado de Minas

Agentes apreendem objetos que seriam usados para fuga na Nelson Hungria

Materiais para serrar grades foram recolhidos durante revista em uma das celas, na noite de terça-feira


postado em 04/04/2018 12:06 / atualizado em 04/04/2018 12:11

Agentes penitenciários apreenderam objetos que seriam usados para serrar grades do Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os materiais foram encontrados durante uma revista na noite de terça-feira. 

Informações extraoficiais davam conta que 15 detentos já haviam serrado as grades, preparado uma corda e aguardavam o anoitecer para escapar do presídio. No entanto, a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) nega que tenha ocorrido uma tentativa de fuga. 

“Por volta das 19h agentes de segurança penitenciários encontraram em uma das celas, durante os procedimentos de revistas e vistorias de rotina que são realizados no complexo, materiais que seriam utilizados para serrar grades. Os detentos não chegaram a sair da cela”, explica a Seap, por meio de nota. “O Comando de Operações Especiais (Cope) da Seap foi acionado para auxiliar a unidade na realização de procedimento geral padrão. A situação no CPNH está normalizada e segue a sua rotina.”, disse a Secretaria nesta quarta-feira. 

Na semana passada, presos tentaram fugir abrindo buracos nas paredes das celas. Depois da ocorrência, a Seap informou que seria realizada uma inspeção na unidade antes do feriado prolongado da semana santa. Os detentos que estavam nos espaços foram realocados e foi aberto um procedimento administrativo para apurar a conduta deles e os danos ao patrimônio. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade