Publicidade

Estado de Minas

Equipes retomam combate a incêndio no Pico do Itacolomi, que chega ao 5º dia

Seis aeronaves ajudam no combate às chamas hoje. Também há incêndio na Floresta Uaimií, perto do parque


postado em 01/09/2017 08:43 / atualizado em 01/09/2017 09:13

Foto no Pico do Itacolomi começou na segunda-feira(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Foto no Pico do Itacolomi começou na segunda-feira (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Bombeiros, brigadistas e voluntários estão, mais uma vez, no Parque do Itacolomi, entre Ouro Preto e Mariana, para retomar o combate ao incêndio que destrói a vegetação há cinco dias. Outro parque próximo à área também foi atingido pelo fogo.

Segundo os bombeiros, nesta manhã o combate será realizado com quatro aviões e dois helicópteros. Setenta e duas pessoas atuam no local hoje. Não está descartada a possibilidade de compartilhamento de recursos com o outro incêndio, registrado na Floresta Estadual do Uaimií, também em Ouro Preto.

Na tarde passada, o major Anderson Passos, do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (Bemad), disse que os ventos fortes e calor dificultam os trabalhos.  “O sol forte e os ventos dificultaram muito, principalmente a partir de 9h30. Isso favoreceu muito a progressão do incêndio e aumentou a área queimada”, explicou.

Segundo os bombeiros, 72 pessoas trabalham no combate ao incêndio hoje(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Segundo os bombeiros, 72 pessoas trabalham no combate ao incêndio hoje (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
“Após 12 horas de combate em campo, encerramos os trabalhos com todos extenuados. Agora, vamos recolher os equipamentos e planejar para começar cedo amanhã (sexta-feira)”, disse o major.  Ao todo, 80 pessoas participaram do combate ontem, entre brigadistas e bombeiros. Eles tiveram ajuda de cinco aeronaves, sendo um helicóptero e quatro aviões Air Tractor. (Com informações de João Henrique do Vale)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade