Publicidade

Estado de Minas

Carreta atropela e mata mulheres que aguardavam carona na BR-381, em Lavras

O veículo de carga atingiu outra carreta que acessou a rodovia no trevo da cidade. Pista ficou parcialmente interditada por causa do acidente


postado em 14/08/2017 15:07 / atualizado em 14/08/2017 16:09

Carreta foi para fora da pista e atingiu as vítimas(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Carreta foi para fora da pista e atingiu as vítimas (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um grave acidente matou duas mulheres na tarde desta segunda-feira na BR-381, em Lavras, na Região Sul de Minas Gerais. As vítimas estavam às margens da pista pedindo carona quando acabaram atingidas por uma carreta carregada com produtos corrosivos. Outros veículos de cargas se envolveram na batida. A pista está parcialmente interditada no sentido São Paulo / Belo Horizonte. Um homem foi encaminhado para um hospital da cidade com ferimentos. As causas da batida ainda estão sendo investigadas.

O acidente aconteceu por volta das 12h30. A falta de atenção de um motorista pode ser uma das causas do acidente. De acordo com o subtenente Rubens de Faria Júnior, do Corpo de Bombeiros, testemunhas contaram que a batida aconteceu quando uma carreta acessou o trevo de Lavras. “No trevo, uma carreta fez o contorno e entrou na BR-381. Outro veículo de carga, que estava carregado com produto corrosivo, não conseguiu parar e atingiu a traseira da carreta”, afirmou.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente envolveu três veículos. Uma carreta adentrou a pista no retorno para a BR-365. O caminhão-baú diminuiu a velocidade e caminhão-tanque, carregado com soda cáustica, não conseguiu evitar a colisão. Com o impacto, o motorista da carreta que bateu na traseira da primeira perdeu o controle da direção. O veículo de carga foi para o acostamento e atingiu as vítimas. “Elas morreram na hora. Testemunhas contaram que elas aguardavam carona quando foram atingidas”, comentou o subtenente Faria. O condutor foi socorrido por médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi encaminhado com ferimentos moderados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lavras.

Os militares do Corpo de Bombeiros tiveram que utilizar serragem para impedir que novos acidentes no trecho, pois o combustível de um dos veículos vazou na pista. A carga de produto corrosivo não saiu da carreta.

De acordo com a Autopista Fernão Dias, concessionária responsável pela rodovia, por causa do acidente, o acostamento e uma das faixas da pista em direção a Belo Horizonte foram interditadas. Mesmo assim, não há registros de grandes filas no local.

A pista ficou parcialmente interditada por causa do acidente(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
A pista ficou parcialmente interditada por causa do acidente (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade