Publicidade

Estado de Minas

Minas Gerais permanece em estado de alerta devido à queda da umidade relativa do ar

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê índices críticos no início desta semana, o que deve aumentar incêndios e doenças respiratórias


postado em 13/08/2017 15:35

O tempo deve ficar ainda mais seco nesta segunda-feira em Minas Gerais. O alerta é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A previsão é de que a umidade relativa do ar chegue a valores críticos em todo o estado. Durante a tarde, o índice ficará entre 30% e 15%. Com isso, aumentam-se a ocorrência de doenças respiratórias e incêndios em áreas verdes.

A queda da umidade relativa do ar ocorre em virtude da atuação de forte massa de ar seco na Região Sudeste do Brasil. De acordo com Inmet, o índice ficará em torno dos 20% em áreas do Norte, Noroeste, Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba, Região Metropolitana, Central, Oeste e Sul de Minas. O boletim também informa que a segunda-feira será ensolarada e com temperaturas estáveis por todo o estado.

Segundo o Inmet, baixos índices de umidade do ar pioram a qualidade do ar e favorecem registros de doenças respiratórias. A recomendação, portanto, é evitar exercícios físicos ao ar livre, umidificar o ambiente com vaporizadores ou toalhas molhadas e consumir bastante água. Outra dica do instituto para os mineiros é, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol e em áreas com vegetação.

A situação crítica da umidade relativa do ar ainda contribuiu para a ocorrência de incêndios em áreas secas, gerando fuligens que dificultam a visibilidade nas estradas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade