Publicidade

Estado de Minas

Também abaixo da meta, Betim prorroga campanha contra a Poliomielite até sexta-feira

Assim como em Belo Horizonte, município precisou estender o prazo de vacinação contra a paralisia infantil


postado em 01/09/2015 14:43 / atualizado em 01/09/2015 17:23

(foto: Juliana Flister/Esp. EM/D.A press)
(foto: Juliana Flister/Esp. EM/D.A press)
O município de Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte, anunciou no início da tarde desta terça-feira que prorrogou a campanha de vacinação contra a Poliomelite. Conforme a secretaria de saúde, assim como em Belo Horizonte, a vacinação vai até a próxima sexta-feira.

Até essa quinta-feira (31), o município havia imunizado 16.705 crianças, totalizando cobertura de 63,12% do público esperado. A Campanha Nacional de Multivacinação também foi prorrogada até o dia 4 de setembro. O objetivo é identificar as crianças que estão com vacinas em atraso e oferecer as doses que faltam para completar o calendário básico de imunização, diminuindo, assim, o risco de transmissão de doenças.

O em.com.br entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES), que informou que cada município tem autonomia para estender ou não a campanha de vacinação.

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção se dá, principalmente, por via oral.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade