Publicidade

Estado de Minas Apostas online

Sites de apostas patrocinam 19 dos 20 clubes da Série A do Brasileirão

Os sites de apostas esportivas estão investindo para valer no futebol brasileiro; a todo momento estas marcas estão sendo vistas


26/08/2021 13:28

(foto: Pedro Souza / Atlético)
(foto: Pedro Souza / Atlético)

 
As empresas de apostas estão dominando o futebol brasileiro. A todo momento, estas marcas são vistas em comerciais na televisão, placas de publicidade nos estádios e uniformes dos clubes. Para se ter uma ideia do alto investimento que estas empresas estão realizando no país, 19 dos 20 times da Série A do Brasileirão já são patrocinados por sites de apostas. O último a fechar uma parceria foi o Juventude, que assinou com a Marsbet para estampar a marca no seu calção. Sendo assim, o Cuiabá é o único clube da Série A a não ter um acordo individual deste tipo.

Clubes da Série A que possuem parcerias com empresas de apostas:


  • América-MG, Palmeiras e Santos (Dafabet)
  • Bahia (Casa de Apostas)
  • Atlético-MG e Fluminense (Betano)
  • Atlhetico-PR (Betmotion)
  • Ceará, Chapecoense, Fortaleza, Grêmio, Internacional (Betsul)
  • Red Bull Bragantino (NetBet)
  • Flamengo e São Paulo (Sportsbet.io)
  • Corinthians e Sport (Galera.bet)
  • Atlético-GO (Amuleto Bet)
  • Juventude (Marsbet)
 
Existem diferentes tipos de acordos, alguns que nem exigem a exposição das marcas nos uniformes. O Palmeiras, por exemplo, dá exclusividade para a Crefisa na camisa. Neste caso, o acordo consiste em ativar a parceria com a Dafabet no site, no estádio e em outras ações nas redes sociais do clube.
 

Patrocinadores principais

 
Em outros casos, os sites de apostas de futebol podem assumir o papel de patrocinadores principais. O Atlético Goianiense, que anunciou recentemente a Amuleto Net, faz companhia ao Bahia (Casa de Apostas), Sport (Galera.bet), São Paulo (Sportsbet.io), Atlético-MG e Fluminense (Betano).

Em dezembro de 2018, o governo federal sancionou a Lei 13.756/2018, autorizando o então chamado Ministério da Fazenda a criar regras para o licenciamento da exploração de apostas esportivas de quota fixa no Brasil. Segundo o portal do próprio governo, a modalidade seria um serviço público exclusivo da União, cuja exploração comercial ocorreria em todo o território nacional, em quaisquer canais de distribuição comercial, físicos e virtuais.

A expectativa era que a legislação entrasse em vigor em 2019, mas devido à pandemia do Covid-19, este prazo foi postergado. Com a regulamentação, os benefícios podem ser grandes. O mercado de apostas online tem um potencial muito maior do que as loterias atuais, principalmente pelo maior engajamento dos jovens e pela nova forma de experiência com o esporte. Além disso, o governo poderá ter novas receitas tributárias, criar empregos e atrair mais investimento estrangeiro.

Conforme o mercado for avançando, a expectativa é que os clubes consigam aumentar as receitas e facilitar a interação junto aos torcedores, que podem apostar nas partidas e, quem sabe, lucrar com seus palpites.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade