UAI
Publicidade

Estado de Minas ALTA NOS PREÇOS

Em um ano, quilo do pão francês aumenta 12% em BH

Quilo do pãozinho chega a custar até R$ 22,90 na capital dos mineiros; preços da manteiga, margarina e presunto também subiram significativamente


21/02/2022 10:19 - atualizado 21/02/2022 10:28

pão frances
Itens de padaria ficam mais caros em BH (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
O famoso pãozinho, item indispensável no café da manhã de todo brasileiro, sofreu mais um aumento. Em Belo Horizonte, o quilo do pão francês chega a custar até R$ 22,90. O valor supera a inflação. 

O preço médio registrado em fevereiro deste ano foi de R$ 16,42 o quilo. Um aumento de 12,79% em comparação ao mesmo período de 2021, quando o preço médio foi de R$ 14,56. 

Os dados são resultado do levantamento realizado pelo site de Pesquisas de Preços MercadoMineiro e aplicativo comOferta.com. A pesquisa levou em consideração os preços de 28 padarias da capital mineira, entre os dias 15 e 19 de fevereiro. 

“Quando fazemos o reajuste é em cima de uma planilha, na qual a gente baliza os reajustes de tudo que compõe o produto. O reajuste do pão  se dá pelo aumento do trigo, das embalagens e do aluguel, que subiu até 30%”, explica o presidente da Associação Mineira da Indústria de Pães, Winicius Dantas. 

“O trigo, que é praticamente toda a nossa matéria prima, sempre acompanhou o dólar. Não temos como fugir dessa situação, que levou realmente a alta acima da expectativa”, completa Dantas. 

Diferenças nos preços das padarias 

As diferenças de preços nas padarias são significativas. O quilo do Pão de Sal pode custar de R$13,90 até R$22,90, uma diferença de 64%. O quilo do Pão Doce pode custar de R$13,90 até R$32,40, uma variação de 133%; enquanto o do Pão Sovado pode custar de R$14,00 até R$32,85, uma diferença de 134%.

Já a manteiga Itambé de 500g pode custar de R$22,99 até R$28,99, uma diferença de 26%. A margarina Qualy de 500g pode custar de R$6,99 até R$10,99, uma diferença de 57%. O leite integral Itambé pode ter uma diferença de 31% entre as padarias. 

O quilo da mortadela pode custar de R$16,50 até R$31,90, uma variação de 93%. O quilo do presunto pode ser encontrado entre R$27,90 até R$44,60, uma diferença de 59%; de mussarela entre R$39,90 e R$57,90, uma diferença de 45%. 

Nos lanches na própria padaria, foram registradas variações de 95% no cafezinho, que pode custar de R$1,00 até R$1,95. O café com leite pode custar de R$1,50 até R$3,90, uma diferença de 160%. O pão de queijo; de R$2,00 até R$3,58, uma variação de 79%.

Preços médios de fevereiro  

Além do quilo do pão de sal, que sofreu um aumento acima da inflação, o preço de outros itens também passaram por reajuste. O quilo do pão doce subiu de R$16,59 para R$18,96, um aumento de 14% em relação a fevereiro de 2021. O pão de forma Wickbold subiu de R$5,22 para R$8,05, um aumento de 54%.

A manteiga Itambé de 500g que custava R$20,14 subiu para R$26,85, um aumento de 33%. A margarina Qualy de 500g subiu de R$7,46 para R$8,62, o que representa 15%. Já o quilo do presunto subiu 18%, o preço médio, que era de R$31,53, passou para R$37,21. 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade