UAI
Publicidade

Estado de Minas NORTE MINEIRO

Morre o empresário Lúcio Bemquerer, do presépio de Grão Mogol

Homem de negócios, que presidiu entidades do setor comercial, será enterrado neste sábado (23)


23/10/2021 14:31 - atualizado 23/10/2021 14:46

Lúcio Bemquerer, empresário mineiro
Lúcio Bemquerer era famoso pelo presépio que construiu (foto: Reprodução/Facebook)
Morreu, neste sábado (23/10), o empresário e economista mineiro Lúcio Bemquerer. Aos 83 anos, ele era famoso por ter construído um grande presépio natalino em Grão Mogol, no Norte do estado. Sócio de diversos negócios, ele presidiu a Associação Comercial e Empresarial de Minas Gerais (ACMinas) entre 1991 e 1994.

Bemquerer atuou, ainda, como presidente da Federação das Associações Comerciais do estado (Federaminas). Ele também compôs o Fórum de Líderes Empresariais da Gazeta Mercantil, um dos mais reconhecidos jornais econômicos do Brasil.

O corpo do empresário será enterrado ainda neste sábado, em Montes Claros, cidade próxima a Grão Mogol.

Na visão de José Anchieta da Silva, atual presidente da ACMinas, o sobrenome do empresário é retrato fiel de sua trajetória. "Sua benquerencia com a vida, com as pessoas, com o pensar e com o fazer eram-lhe, de nascença, sobrenome. Nunca um patronímico correspondeu, de maneira tão inteira, à pessoa que o carregou. Um era cúmplice do outro: onome e a pessoa. A pessoa e o nome", disse.

Ao longo da carreira empresarial, Lúcio Marcos Bemquerer foi agraciado com diversas comendas e homenagem. Ele era, inclusive, cidadão honorário de Belo Horizonte.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade