UAI
Publicidade

Estado de Minas 6.500 NOVAS VAGAS

Terceiro maior centro logístico do país vai ser construído no Sul de Minas

Iniciativa vai movimentar R$ 750 milhões e gerar 6.500 empregos diretos em Extrema. Anúncio foi feito pelo governo de Minas nesta quarta-feira (13/10)


13/10/2021 16:19 - atualizado 13/10/2021 16:30

sede BWP Business Park
Centro logístico vai movimentar R$ 750 milhões e gerar 6.500 empregos diretos em Extrema (foto: Indi/Divulgação)
O Governo de Minas Gerais anunciou nesta quarta-feira (13/10) a construção do terceiro maior centro logístico do país, o BWP Business Park, em Extrema, Sul de Minas. Serão investidos R$ 750 milhões no empreendimento, que vai gerar 6.500 empregos diretos.

De acordo com a administração estadual, serão estabelecidos dois parques logísticos de e-commerce, somando oito galpões construídos em 400 mil metros de Área Bruta Locável (ABL), o que equivale a 38 campos de futebol.

Os dois condomínios que vão abrigar os empreendimentos já estão em fase de construção. A previsão é que o primeiro galpão do projeto 1 seja entregue ainda neste mês, e os galpões do projeto 2 até meados de 2022.  

O protocolo de formalização do investimento foi assinado e o projeto segue em implantação através da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi). Os dois condomínios são considerados projetos de ponta no país, com galpões que captam energia fotovoltaica, tecnologia de reuso de água, além de arquitetura moderna baseada em parâmetros internacionais de sustentabilidade. 

Extrema lidera geração de empregos no Sul de Minas

Extrema tem localização privilegiada, com acesso exclusivo à rodovia Fernão Dias e pontos de conexão a grandes centros consumidores – o que atrai novos empreendimentos e, consequentemente, contribui para a geração de empregos.

O município lidera o ranking de novos postos de trabalho no Sul de Minas, com saldo positivo de 3.636 vagas formais de emprego, entre desligamentos e contratações, de janeiro a agosto deste ano. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, a construção do novo empreendimento em Extrema consolida a cidade como um grande centro logístico de comércio eletrônico de Minas Gerais e do Brasil.

“Esse investimento vem consolidando, ainda mais, Extrema como um dos grandes celeiros de e-commerce nacional, uma vez que o município oferece infraestrutura para melhorar toda essa capacidade de armazenamento logístico e escoamento de produção", inicia o secretário.

"A iniciativa pavimenta a vinda de outras iniciativas e segue a linha de sucesso do município e de todo o estado de Minas Gerais no esforço de atrair novas empresas”, complementa. 
 
(Gabriella Starneck / Especial para o EM) 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade