Publicidade

Estado de Minas COMERCIANTES ESPERANÇOSOS

Cidades do Vale do Aço anunciam comércio até mais tarde para Dia dos Pais

Comerciantes apostam que data comemorativa vai aquecer as vendas e amenizar um pouco os impactos trazidos pela pandemia


03/08/2021 18:17 - atualizado 03/08/2021 18:42

Na sexta-feira, o horário ampliado nas lojas será das 9h às 20h(foto: Layara Andrade/Arquivo pessoal)
Na sexta-feira, o horário ampliado nas lojas será das 9h às 20h (foto: Layara Andrade/Arquivo pessoal)
Para facilitar a compra dos presentes para o Dia dos Pais, celebrado neste domingo (8/8), o comércio no Vale do Aço poderá funcionar até mais tarde. A ampliação foi acordada entre os sindicatos que representam os patrões e os empregados em Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo.
 
Nesta sexta-feira (6/8), o horário será ampliado nas três cidades, com as lojas funcionando das 9h às 20h. Já no sábado, véspera da data comemorativa, o expediente do comércio será das 9h às 17h. Um ganho de cinco horas para o consumidor, segundo afirmam os comerciantes.
 
O Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço prevê que a data vai aumentar o número de vendas, “principalmente, em lojas de roupas, calçados, artigos esportivos, perfumaria e eletroeletrônicos”.
 
“Em 2021, liquidações de inverno e outras promoções vão gerar oportunidades de compras a preços bem mais acessíveis do que o normal”, salienta José Maria Facundes, presidente do Sindcomércio.
 
A jovem Ana Laura Lares é uma das pessoas que pretendem movimentar o comércio nesta data. Ela afirma que vai comprar um presente e apoia a medida da extensão no horário de funcionamento. 
 
No sábado, o expediente acontece das 9h às 17h(foto: Layara Andrade/Arquivo pessoal)
No sábado, o expediente acontece das 9h às 17h (foto: Layara Andrade/Arquivo pessoal)
 
 
“Acredito que, com a ampliação do horário, fica menos provável o tumulto e, assim, é possível fazer uma compra rápida e tranquila”, conta. 
 

Otimismo... 

 
O dirigente do sindicato reforça que o comércio está esperançoso por "boas vendas durante toda a semana". “Já não há tantas incertezas provocadas pela pandemia e as pessoas vão, aos poucos, retomando o ritmo normal da vida. A gente também sabe que, quem ama, presenteia", enfatiza Facundes.   
 

... mas nem tanto

 
Além de otimismo, também se vê desconfiança pelas ruas. "A situação no trabalho ainda não melhorou e a gente sabe que, apesar de ser uma data especial, é totalmente comercial. Amo meu pai, mas este ano não terá presente”, afirma a engenheira civil Ana Flavia Rodrigues, que ainda sofre instabilidade causada pela pandemia.

COVID no Vale do Aço   


A região do Vale do Aço encontra-se na onda verde criada pelo programa Minas Consciente, do governo do Estado, desde o dia 8 de julho. Foi a primeira região, desde janeiro, que evoluiu para a fase mais flexível do plano.
 
As três maiores cidades que compõem o Vale do Aço - Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo - somam, juntas, 1.396 mortes e 51.284 casos de infecções desde o início da pandemia, segundo dados divulgados por cada administração entre segunda-feira (2/8) e hoje (3/8). 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade