Publicidade

Estado de Minas CONSUMIDOR

Ibiraci, no Sudoeste de Minas, irá contar com Procon Regional

O servidor responsável pelo posto de atendimento dará orientações ao consumidor, receberá as reclamações e tentará resolver o problema com o fornecedor


21/07/2021 15:09 - atualizado 21/07/2021 15:23

Ibiraci contará com um órgão de defesa do consumidor para que a população registre suas queixas(foto: Ismael Silva Cândido)
Ibiraci contará com um órgão de defesa do consumidor para que a população registre suas queixas (foto: Ismael Silva Cândido)

A população de Ibiraci, no Sudoeste de Minas, vai poder contar em breve com o auxílio do Procon Regional para ajudar nas questões de relação de consumo na cidade.

A Cãmara Municipal aprovou na noite dessa teerça-feira, por 6 votos a 1, projeto de lei enviado pela prefeitura que regulamenta a adesão do município ao Programa Procon Regional.

Até então, a população não tinha um local onde fazer queixas ou reclamar os seus direitos. Trata-se de uma medida que visa promover e implementar ações direcionadas à educação, orientação, proteção, defesa do consumidor e coordenar a Política de Defesa do Consumidor em Ibiraci.
 
 “Será um grande avanço na garantia dos direitos de nossos munícipes esta parceria que pretendemos estabelecer com a entidade, que irá proporcionar facilidade ao acesso ao Código de Defesa do Consumidor”, disse o prefeito Ismael Cândido.
 
O projeto foi aprovado há uma semana, mas pediram o adiamento da matéria. Ele voltou à pauta ontem e passou pelo crivo dos vereadores.

“É um avanço para Ibiraci, onde as pessoas não tinham onde recorrer em caso de uma conta abusiva, por exemplo”, disse o presidente da Câmara, Maurício Nascimento.

O tempo de uma semana foi dado para que as autoridades conversassem com os comerciantes.
 
O projeto autoriza o Procon  a ser implantado pela AMEG (Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande).
 
Portanto, logo Ibiraci irá contar com uma Unidade Local do Procon Regional, para atender todos os cidadãos que se sentirem lesados nas diversas relações de consumo.
 
O propósito é o servidor responsável pelo posto de atendimento dar orientações ao consumidor, receber as reclamações e tentar resolver o problema com o fornecedor.
 
“A ideia do órgão instalado em Ibiraci é aproximar consumidores e fornecedores, oferecendo um sistema de garantia e preservação de direitos nas relações de consumo, procurando, em última análise, diminuir os conflitos entre as partes e promover um ambiente saudável de relações comerciais” ressaltou o prefeito Ismael Silva Cândido.
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade