Publicidade

Estado de Minas NA PANDEMIA

CDL/BH diz que vendas do Dia das Mães superaram as expectativas

Mesmo com a reabertura recente do comércio, as vendas alavancaram na data comemorativa e deixaram comerciantes esperançosos


17/05/2021 13:06 - atualizado 17/05/2021 14:12

Movimentação do comércio de BH, no Dia das Mães(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Movimentação do comércio de BH, no Dia das Mães (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Neste atual cenário de pandemia do COVID-19, com todas as restrições e medidas de segurança, as vendas no Dia das Mães foram significativas para o comércio de Belo Horizonte. De acordo com o balanço final da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL/BH), a maioria das vendas foi realizada nas lojas físicas e as compras foram parceladas.
 
A pesquisa da CDL/BH feita com 181 comerciantes da capital mineira revela que no período de 10 a 13 de maio houve um crescimento de 35,9% em comparação ao ano passado. Para 40,7% dos entrevistados, a data atendeu às expectativas. O dado revela que o balanço final de vendas superou até mesmo a expectativa apresentada na pesquisa de intenção de vendas, em que 63,2% acreditavam em uma queda.
 
Segundo os empresários, as vendas para o Dia das Mães foram em sua maioria realizadas nas lojas físicas, o que representa 87,3% do total de produtos vendidos. O principal meio de pagamento foi o cartão de crédito, 71,8% das vendas. Nessa fatia, 39,8% optaram por parcelar e 32%  por pagar à vista. A média de parcelamentos foi de cinco vezes.
 
Para a maioria dos entrevistados, o funcionamento do comércio foi o principal responsável por alavancar as vendas no período. Roupas, como indicado na pesquisa de intenção de compras, foram o principal presente de 24,6% das pessoas. Em seguida, calçados com 15,6% e utensílios domésticos, com 14%.
 
Dados do balanço anterior realizado nos dias 6/5 e 7/5, dias que antecedem o dia comemorativo, mostram que mais da metade dos lojistas (52,4%) realizaram promoções especiais e que essas estratégias resultaram em um aumento de 23,4% nas vendas.
 
O presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, disse que "as vendas do Dia das Mães refletem diretamente a importância do funcionamento do comércio. A realização das atividades é essencial para que os comerciantes possam se manter ativos, amenizando os prejuízos e gerando empregos".
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade