Publicidade

Estado de Minas VEJA COMO CONSULTAR

IR 2020: Primeiro lote da restituição sai nesta sexta-feira

Pagamento foi adiantado em função da pandemia do novo coronavírus; prazo de entrega da declaração foi prorrogado para 30 de junho


postado em 29/05/2020 08:14 / atualizado em 29/05/2020 10:37

(foto: Pixabay)
(foto: Pixabay)

A Receita Federal paga nesta sexta-feira (29) as restituições do primeiro lote do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) 2020. Estão sendo depositados R$ 2 bilhões para 901.077 contribuintes. A primeira remessa de pagamentos contempla cidadãos com prioridade legal - 133.171 idosos acima de 80 anos, 710.275 pessoas entre 60 e 79 anos e 57.631 com alguma deficiência física/mental ou doença grave.

Neste ano, o cronograma de restituições foi antecipado para maio. Já a quantidade de lotes foi reduzida de sete para cinco. A iniciativa pretende amenizar os efeitos econômicos da pandemia de COVID-19. O último lote deve ser liberato até 30 de setembro. No ano passado, a agenda de restituições teve início em 17 de junho e foi até 16 de dezembro.

Outra mudança anunciada pela Receita Federal foi a data de depósito do reembolso. O crédito bancário, até então, caía na conta do contribuinte no 15° dia de cada mês. O valor passou a ser creditado no último dia útil do mês. 

Como consultar

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal. Caso o sistema informe inconsistências na declaração do IRPF, elas podem ser resolvidas on-line por meio do serviço e-CAC - desde que o pessoa tenha o certificado digital. Trata-se de uma espécie de identidade virtual fornecida por certificadores autorizados pelo governo federal, que permite fazer transações com garantia de autenticidade. A maioria das pendências costuma ser resolvida com a entrega de uma declaração retificadora. O prazo para retificação vai até 30 de junho.

A consulta às declarações do IRPF e à situação cadastral do CPF também pode ser feita pelo aplicativo da Receita para tablets e smartphones.

Caso a restituição não seja creditada na data prevista no cronograma, o contribuinte poderá solicitá-la pessoalmente em qualquer agência do Banco do Brasil ou por telefone. Basta ligar para a Central de Atendimento da Receita. Os números são: 4004-0001 (capitais). 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone exclusivo para pessoas com deficiência auditiva). O agendamento do crédito pode ser feito em conta-corrente ou poupança de qualquer banco. O valor fica disponível durante um ano. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade