Publicidade

Estado de Minas DETALHES DO BENEFÍCIO

Entenda o calendário de pagamento e saque do auxílio emergencial

A segunda parcela do auxílio emergencial quem não faz parte do Bolsa Família vai até 26 de maio, de acordo com o mês de aniversário. A possibilidade de transferir ou sacar o dinheiro, porém, começa no dia 30 e tem outro calendário


postado em 21/05/2020 16:43

Mais de 30 milhões de trabalhadores vão receber os R$ 600 do auxílio emergencial do governo(foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Mais de 30 milhões de trabalhadores vão receber os R$ 600 do auxílio emergencial do governo (foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
A Caixa Econômica Federal começou a pagar, na quarta-feira (20/5), a segunda parcela do auxílio emergencial para os brasileiros que não fazem parte do Bolsa Família e já receberam os R$ 600 em abril. Esses trabalhadores estão recebendo, de acordo com um calendário, primeiro na poupança social da Caixa, que pode ser acessada pelo aplicativo Caixa Tem, por meio do CPF do trabalhador.

Muitas pessoas ficaram com dúvida, no entanto, porque o saque presencial e a transferência para outras contas só serão liberados a partir do dia 30. Antes dessa data, o dinheiro só poderá ser movimentado de forma digital.

Os R$ 600 serão depositados na poupança digital de mais de 30 milhões de trabalhadores até o dia 26 de acordo com o mês do aniversário. O dia para a pessoa poder sacar ou transferir os R$ 600 da poupança social para outra conta bancária (via DOC ou transferência interbancária) também segue um calendário, que vai de 30 de maio a 13 de junho ou até o dia do saque presencial (veja os calendários abaixo). 

No começo da semana, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que a limitação para saque ou transferência busca evitar aglomerações nas agências. "Não poderá ser feito nem DOC, nem transferência interbancária, exatamente porque a transferência significaria filas de maneira desordenada, que é o que a gente quer evitar", disse.

Veja como é o pagamento da segunda parcela dos R$ 600 para quem não é do Bolsa Família

Datas do depósito:

20 de maio (quarta-feira): nascidos em janeiro e fevereiro
21 de maio (quinta-feira): nascidos em março e abril
22 de maio (sexta-feira): nascidos em maio e junho
23 de maio (sábado): nascidos em julho e agosto
25 de maio (segunda-feira): nascidos em setembro e outubro
26 de maio (terça-feira): nascidos em novembro e dezembro

Datas para saques e transferência dos R$ 600 para outra conta:

30 de maio (sábado): nascidos em janeiro
1º de junho (segunda-feira): nascidos em fevereiro
2 de junho (terça-feira): nascidos em março
3 de junho (quarta-feira): nascidos em abril
4 de junho (quinta-feira): nascidos em maio
5 de junho (sexta-feira): nascidos em junho
6 de junho (sábado): nascidos em julho
8 de junho (segunda-feira): nascidos em agosto
9 de junho (terça-feira): nascidos em setembro
10 de junho (quarta-feira): nascidos em outubro
12 de junho (sexta-feira): nascidos em novembro
13 de junho (sábado): nascidos em dezembro

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade