UAI
Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Coronavírus: Caixa recomenda que clientes usem canais digitais e permitirá que funcionários trabalhem de casa

Agências e casas lotéricas seguem funcionando normalmente


postado em 16/03/2020 18:54 / atualizado em 16/03/2020 19:38

Agências da Caixa seguem funcionando em horário normal(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Agências da Caixa seguem funcionando em horário normal (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
A pandemia de coronavírus não irá interferir no funcionamento das casas lotéricas e agências da Caixa Econômica Federal, pelo menos por enquanto. A princípio, as medidas adotadas pela são a implementação de um sistema que permita que alguns funcionários trabalhem de casa e a recomendação a seus clientes de que evitem se deslocar até as agências, fazendo uso dos canais digitais, como internet banking e aplicativos.
 
Segundo a assessoria da Caixa, as reuniões, pontos de controle e treinamentos presenciais foram substituídos por chats, vídeos ou audioconferência.

O banco informa, ainda, que disponibilizou verba extra para aquisição de produtos que auxiliem na prevenção da doença e que solicitou a intensificação de limpeza das unidades.

Ainda segundo a instituição bancária, todos os empregados receberam um e-mail corporativo com orientações baseadas nas diretrizes divulgadas pelo Ministério da Saúde sobre o Covid-19. Atividades da CAIXA Cultural foram interrompidas temporariamente.

INSS restringe funcionamento

INSS anunciou nesta segunda-feira que irá restringir o horário de funcionamento de suas agências. O atendimento espontâneo, aquele que não precisa de agendamento, só será feito de segunda à sexta, das 7 horas às 13 horas. Das 13 horas às 17 horas, apenas segurados com atendimento pré-marcado serão atendidos. Caso não haja programação para atendimento, a agência será fechada.

A orientação do órgão é só buscar atendimento presencial em casos imprescindíveis, como em caso de perícia médica.

O INSS também vai restringir a presença de acompanhantes dos segurados durante o atendimento nas agências. Apenas poderão permanecer procuradores ou representantes legais devidamente identificados. O órgão também determinou que todos os servidores e empregados acima de 60 anos, portadores de doenças crônicas, gestantes e lactantes ou aqueles cujos familiares que habitam na mesma residência estejam no grupo de risco de aumento de mortalidade sejam deslocados do atendimento ao público para exercerem suas atividades de forma remota.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade