Publicidade

Estado de Minas

Mais caro: novo preço do gás de cozinha passa a valer nesta segunda-feira

Este foi o quarto aumento do preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) no Brasil em 2019


postado em 25/11/2019 15:16 / atualizado em 25/11/2019 18:46

Último reajuste foi em outubro deste ano, quando os preços subiram cerca de 5%(foto: Juarez Rodrigues/EM/D. A. Press)
Último reajuste foi em outubro deste ano, quando os preços subiram cerca de 5% (foto: Juarez Rodrigues/EM/D. A. Press)
Passou a valer nesta segunda-feira o reajuste feito pela Petrobras no gás liquefeito de petróleo (GLP), anunciado na última sexta-feira pela estatal, para botijões de até 13 quilos nas refinarias. O valor do gás de cozinha, como o produto é popularmente conhecido, teve um aumento de 4%.
 
 
Além da possibilidade de cada distribuidor alterar os valores, ainda serão acrescidos impostos. Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Programa de Integração Social (PIS) e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) são alguns deles. Mão de obra, logística e margem de lucro também podem ser aplicados na quantia final.
 
Diante disso, a dica dos especialistas é pesquisar preços. Segundo levantamento divulgado nesta segunda pelo aplicativo Chama, que ranqueia e ordena o comércio do gás de cozinha, somente no Bairro Dona Clara, na Região Pampulha de Belo Horizonte, foi constatada uma variação de preços entre R$ 70 e R$ 89 (28% de diferença). 
 

O Chama também disponibilizou um guia de como economizar no gás. Veja abaixo:

 
1 - Atenção com as chamas: se elas surgirem amareladas ou alaranjadas, é sinal que os bocais não estão funcionando devidamente - o que implica no maior gasto de gás. O ideal é que as chamas sejam azuis.
 
2 - Use a tampa da panela: o preparo de pratos como macarrão, por exemplo, permite que o cozimento seja feito com o fogo desligado ao usar a tampa. Para isso, basta deixar a água ferver, adicionar a massa, desligar o fogo e tampar. 
 
3 - Forno fechado e cheio: abrir e fechar a porta do forno muitas vezes é a receita para o desperdício de gás. Tente observar os alimentos utilizando a luz interna e, sempre que possível, asse mais de um alimento ao mesmo tempo. 
 
4 - Janelas fechadas na cozinha: correntes de ar diminuem a potência das chamas e, assim, aumentam o tempo necessário de cozimento. Por isso, na hora de cozinhar, feche portas e janelas. 
 
5 - Use a panela de pressão: se a receita permitir, não se acanhe e faça uso da panela de pressão. Além de mais econômica, ela acelera o cozimento e potencializa o tempero dos alimentos. 
 
6 - Corte em pedaços menores: alimentos cortados em partes pequenas cozinham mais rápido, fazendo com que o gás seja menos utilizado. 


Publicidade