Publicidade

Estado de Minas

EM é um dos quatro veículos brasileiros a integrar projeto do Google

Parceria entre a gigante da tecnologia, WAN-IFRA e Mather Economics vai permitir ao Estado de Minas receber consultoria de profissionais altamente qualificados e investir no novo modelo de negócio


postado em 09/06/2019 06:00 / atualizado em 10/06/2019 15:47

Redação do jornal Estado de Minas (foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
Redação do jornal Estado de Minas (foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)

O jornal Estado de Minas é um dos quatro veículos de comunicação brasileiros selecionados para integrar um projeto do Google na América Latina, resultado de parceria entre a Associação Mundial de Jornais e Editoras de Notícias (WAN- IFRA, na sigla em inglês), o Google News Initiative (GNI) e a empresa de consultoria Mather Economics. A iniciativa faz parte de um conjunto de ações do Google que visam dar suporte aos produtores de conteúdos noticiosos. Desta vez, o projeto – GNI Digital Subscriptions Lab – tem como objetivo impulsionar o setor de assinaturas digitais.

'Trabalharemos com veículos diversos, cada qual com suas características, sempre em harmonia com nossos produtos e com as especificidades do mercado brasileiro', diz Luiz Henrique Matos, diretor de parcerias do Google Brasil (foto: Arquivo pessoal )
'Trabalharemos com veículos diversos, cada qual com suas características, sempre em harmonia com nossos produtos e com as especificidades do mercado brasileiro', diz Luiz Henrique Matos, diretor de parcerias do Google Brasil (foto: Arquivo pessoal )

Segundo Luiz Henrique Matos, diretor de parcerias do Google Brasil, o objetivo da multinacional é orientar os principais publishers do Brasil e, consequentemente, garantir a validação e a sustentabilidade do negócio. “Nosso interesse é ajudar esses veículos nesse modelo de negócio – o de assinaturas digitais – que ainda é relativamente novo no Brasil. Trabalharemos com veículos diversos, cada qual com suas características, sempre em harmonia com nossos produtos e com as especificidades do mercado brasileiro”, explica o diretor.

 


Matt Lindsay, presidente da Mather Economics, empresa de consultoria, destaca a importância das mudanças em uma organização de mídia. “A Mather vai trabalhar com os parceiros do Google por meio da análise de público-alvo digital, benchmarketing, melhores práticas e estratégias, as métricas de desempenho, identificando os leitores fiéis com probabilidade de se inscrever, entender o conteúdo que esses leitores desejam e adquiri-los como assinantes digitais.”

MODELO DE NEGÓCIO


As primeiras reuniões começam ainda este mês, com duração total de oito meses de trabalhos. Em julho, as redações dos veículos de comunicação receberão representantes do Google e da consultoria da Mather Economics, que farão as primeiras pesquisas de campo em diversos setores das empresas. Posteriormente, serão feitas palestras e elaboradas soluções para incrementar o modelo de negócio.

Geraldo Teixeira da Costa Neto, diretor-executivo do Estado de Minas, diz que o caráter inovador e o engajamento do jornal desde o início nos processos de internet contribuíram para a escolha do EM. “Não é por acaso que o Portal UAI é o nono maior do país, sendo o único regional entre os 10 maiores. Inclusive, os projetos anteriores que fizemos com o Google mostram nossa seriedade e, consequentemente, os resultados positivos que apresentamos”, comenta.

Para Alexandre Magno, diretor de operações e negócios digitais do jornal, estamos vivendo uma grande transformação digital, “mudança que afeta diretamente a forma como as pessoas se informam e como as marcas conversam com seus consumidores. Precisamos modernizar nosso modelo de negócio ao máximo e continuar inovando. Uma consultoria como essa é fundamental. Ter o apoio do Google, da Mather Economics e da WAN-IFRA é um privilégio”, finaliza.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade