Publicidade

Estado de Minas JORNALISMO

Estado de Minas ganha dois prêmios SND, o Oscar do design

Jornal foi o único veículo brasileiro fora do eixo Rio-São Paulo a ser homenageado no concurso da Society for News Design (SND), o mais importante da categoria


postado em 14/03/2019 14:47 / atualizado em 15/03/2019 14:59

Primeiras páginas do jornal Estado de Minas premiadas em concurso da SND considerado o Oscar do design(foto: Arte: Soraia Piva)
Primeiras páginas do jornal Estado de Minas premiadas em concurso da SND considerado o Oscar do design (foto: Arte: Soraia Piva)

O Estado de Minas conquistou dois prêmios de excelência na 40ª edição do concurso da Society for News Design (SND), considerado o “Oscar” do design de jornais no mundo. O EM foi um dos oito veículos brasileiros vencedores e o único representante de fora do eixo Rio-São Paulo. Os trabalhos premiados foram “Carnaval 2018: respeito, diversidade e inclusão”; primeira página publicada na edição de 12 de fevereiro de 2018; e “Estradas da morte/Basquiat em Belo Horizonte”; primeira página de 14 de julho de 2018.

As duas primeiras páginas do Estado de Minas passaram pelo rigoroso processo de seleção da SND, conduzido por 22 jurados, que avaliaram mais de 4,8 mil trabalhos inscritos. Segundo a SND, os prêmios concedidos anualmente são destinados “a publicações que desafiam e inspiram” a produção de conteúdo jornalístico “em busca de nova soluções” para o segmento. “Além da consolidação do reconhecimento da ousadia gráfica e editorial do EM, esta dupla premiação é particularmente representativa por destacar dois assuntos muito relevantes para o estado: a força e a diversidade do carnaval de BH e a tragédia que infelizmente se repete nas nossas estradas, pela falta de atenção do poder público”, afirma o diretor de redação, Carlos Marcelo.

O subeditor Julio Moreira, responsável pelaconcepção gráfica das primeiras páginas premiadas este ano, destaca o esforço diário de inovar na produção de conteúdo no Estado de Minas. “Com um trabalho diferenciado, o EM tem sempre alcançado reconhecimento nacional e internacional, adotando a prática de sempre surpreender o leitor.” O Estado de Minas já conquistou 46 prêmios da SND desde 1999.

A primeira página “Carnaval 2018: respeito, diversidade e inclusão”, que ganhou o prêmio de excelência na categoria “Notícias de última hora”, foi criada a partir de fotos de integrantes de blocos de rua de Belo Horizonte para mostrar a pluralidade da folia na capital mineira, que nos últimos anos se consolidou como uma das mais importantes e democráticas do Brasil. 

Os detalhes dos olhos das pessoas fantasiadas foram feitos no domingo de carnaval pelos repórteres fotográficos do EM Leandro Couri e Gladyston Rodrigues, em três blocos com propostas que iam do apoio à diversidade sexual, o respeito ao meio ambiente e à igualdade racial.

A primeira página “Estradas da morte/Basquiat em Belo Horizonte”, premiada na categoria “Design de Notícias – Páginas”, foi uma homenagem à inauguração em BH de mostra do artista Jean-Michel Basquiat (1960-1988), no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), na Praça da Liberdade.

Primeiras páginas do Estado de Minas premiadas pela SND passaram por rigorosa seleção feita por 22 jurados(foto: Reprodução)
Primeiras páginas do Estado de Minas premiadas pela SND passaram por rigorosa seleção feita por 22 jurados (foto: Reprodução)


Passos do mestre


Inspirada na pintura Crise X, uma das dezenas de obras do norte-americano que entrariam em exibição na capital mineira, a capa da edição impressa do Estado de Minas trazia em sua manchete estudo da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) que revelava que seis das 10 rodovias brasileiras com mais mortes no Brasil passavam por Minas Gerais. “A reportagem foi publicada em um momento de alta no movimento das estradas que cortam Minas Gerais, por causa das férias escolares de meio do ano. O objetivo foi usar um relatório de pesquisa que apontava destaque de mortes e acidentes em rodovias federais com trechos em Minas para alertar os condutores dos riscos especialmente em pontos considerados perigosos”, destaca o repórter Guilherme Paranaiba, autor da reportagem. As duas capas premiadas são criação dos profissionais envolvidos na produção da primeira página: Carlos Marcelo, Renata Neves, Rafael Alves e o editor Ney Soares Filho.

Tradição de excelência gráfica


Os prêmios concedidos ao Estado de Minas pela SND reforçam a tradição de reconhecimento gráfico e editorial do jornal em premiações nacionais e internacionais nos últimos anos. Na edição de 2018, o EM também venceu em duas categorias no “Oscar do design”, com a primeira página “A lista de Fachin”, na categoria “Notícias de última hora”, e “Moraes promete imparcialidade”, página da editoria de Política destacada na categoria “Design de Notícias – Páginas”.

A publicação impressa da primeira página em homenagem a Basquiat remetia os leitores para um vídeo imersivo sobre a exposição de Basquiat em BH feito pelo subeditor Fred Bottrel, do Núcleo de Criação Multimídia do EM e Portal Uai, no qual era possível passear pela mostra e ouvir trilhas sonoras usadas pelo artista norte-americano durante seu processo criativo.




Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade