Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Presidente da CCJ tenta agilizar debate sobre reforma da Previdência


postado em 16/04/2019 12:48

O presidente da Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ), Felipe Francischini (PR), atua nesta terça-feira, 16, nos bastidores tentando agilizar o debate da reforma da Previdência. Há no colegiado mais de 100 inscritos para debater o tema. Com discursos que variam entre 10 e 5 minutos, o trabalho pode levar mais de 20 horas e inviabilizar a votação da admissibilidade da proposta antes do feriado.

Francischini anda pelo plenário com uma lista dos inscritos na mão. "Estou trabalhando para agilizar. Estou conversando por bancada", disse.

Ele afirmou que está vendo com deputados que podem reduzir seu tempo de fala ou se retirar da lista. "Acho que vamos ter uma surpresinha boa", disse.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que para ele o colegiado tinha de votar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) até a quarta-feira, 17, nem que o colegiado tivesse de funcionar até às 5 horas para que todos os inscritos discursassem.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade