Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Saiba qual será a bandeira tarifária para consumo de energia elétrica em dezembro

Em novembro, o consumidor bancou a bandeira amarela, que tem adicional de R$ 1 a cada 100 kWh consumidos


postado em 30/11/2018 15:50 / atualizado em 30/11/2018 22:44

O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o 'custo real' da energia gerada ao consumido(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil )
O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o 'custo real' da energia gerada ao consumido (foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil )
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que a bandeira tarifária para dezembro será verde. Isso significa que não haverá cobrança extra para os consumidores neste último mês do ano. O último mês em que a bandeira verde havia sido aplicada foi abril.

Segundo a agência, apesar de os reservatórios das principais hidrelétricas do País ainda apresentarem níveis reduzidos, há expectativa de que a estação chuvosa continue a aliviar as condições desfavoráveis de armazenamento, reduzindo a pressão sobre o custo da geração de energia. "Mesmo com a bandeira verde é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica", declarou a Aneel.

O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o "custo real" da energia gerada ao consumidor. Elas são definidas mensalmente a partir das cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2), indicando se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Em novembro, o consumidor bancou a bandeira amarela, que tem adicional de R$ 1 a cada 100 kWh consumidos. Entre junho e outubro, período mais seco, vigorou a bandeira vermelha no segundo patamar, a mais onerosa, em que há uma cobrança adicional de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade